quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Quem cala, consente?: ver. Leandro preferiu ficar em silêncio não se pronunciando sobre o "suposto" esquema de "Rachadinha" nesta terça (18).

Ficou tudo no "Quem cala, consente", para quem esperava que o vereador Leandro Bezerra se pronunciasse na Tribuna do Legislativo de Ipu na noite desta terça-feira, 18 de fevereiro de 2020 para dar uma explicação cabível sobre o áudio que circulou nas redes sociais sobre um "suposto" esquema de "Rachadinha" está acontecendo, ou teria acontecido na Câmara de Ipu, quando ele assumiu uma cadeira na Câmara no lugar do vereador licenciado naquela época, Manoel Palácios, possivelmente no ano de 2013 até 2014, em seguida no lugar dos vereadores: Eduardo Ximenes, Adriano Melo e atualmente no lugar do vereador Ivo Souza; nesse último não citado no áudio.
No áudio, o suplente de vereador Leandro Bezerra se mostra insatisfeito com a sua situação política financeira, onde detalha um "suposto" esquema de "Rachadinha", em que considera existir corrupção no estilo "Lava Jato". A conversa aconteceu entre o ex-vereador Raimundo Diogo e o suplente de vereador Leandro Bezerra, atualmente ocupando a vaga do licenciado vereador Ivo Souza, divulgado nas redes sociais do município de Ipu.
O suplente de vereador Leandro Bezerra relata detalhadamente todo o "suposto" "esquema político," e diz só está sendo conivente com essa situação por se encontrar bastante endividado. A denúncia do "suposto" escândalo ainda se torna mais sério porque, Leandro Bezerra diz que: (..) "Quem tem a caneta tem muita vantagem, o cabra pega uma secretaria dessa daí, com mandato de vereador, tira R$ 10.000,00 por mês, fora as outras coisas, porque têm o combustível, o cara sai rico." afirmou "supostamente", Leandro Bezerra.
O áudio ainda é muito confuso, até porque, o Leandro Bezerra está hoje na vaga do vereador Ivo Souza, e não do Eduardo Ximenes, neste "embaraço", cita ainda o nome do vereador Adriano Melo como entreposto neste caso. São vários os questionamentos que somente o suplente de vereador Leandro Bezerra poderia dizer, talvez como justificativa para  o ocorrido. Será?
Nesta terça-feira (18), a maioria dos vereadores repudiaram o assunto. No final da sessão ordinária, o líder do prefeito no Legislativo, vereador Evaldo Gomes questionou o silêncio do vereador Leandro Bezerra. Ouça o áudio e tire as suas conclusões sobre o assunto.
Atenção - Pedimos aos nossos "Seguidores amigos" que participem do nosso novo Canal de Comunicação de Vídeos do YouTube. Contamos com a inscrição de todos. CLIQUE AQUI. Estamos também trabalhando com imagens aéreas de Drone. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9916-7711.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket