terça-feira, 1 de outubro de 2019

Pastora é morta e achada dentro de geladeira no interior do Rio

Feminicídio é a principal linha seguida pela Polícia Civil para apurar a autoria da morte da pastora e juíza de paz Yone Angela Máximo dos Santos, de 47 anos. Ele foi assassinada em Miguel Pereira, na Região Centro-Sul Fluminense.
O corpo da pastora foi encontrado no último sábado, dentro de uma geladeira, na casa onde ela morava, no bairro Vera Cruz. De acordo com a polícia, o assassino ainda usou um arame e um lençol para amarrar e amordaçar a vítima.
Yone estava desaparecida desde o último dia 24. Como ela não ligou no dia do aniversário de um parente, que seria comemorado na quarta-feira seguinte, o familiar resolveu ir até a residência da pastora, no sábado.
Ao chegar no local, ele descobriu o assassinato e chamou a Polícia Militar. A polícia já sabe que, uUm dia após o desaparecimento de Yone, um namorado da vítima trocou tiros com policiais militares de São Paulo, que foram verificar um acidente de trânsito, no município paulista de Aparecida.
Durante o tiroteio, ele ainda matou um PM, antes ser também baleado e morto.
Na ocasião, dentro do veículo, policiais paulistas encontraram documentos de Yone Angela Máximo.
De acordo com o delegado Luiz Fernando Nader Damasceno, da 97ª DP (Mendes), que respondeu neste fim de semana pela 96ªDP (Miguel Pereira), a causa exata da morte da pastora só será conhecida após o resultado do exame cadavérico da vítima.
O corpo estava enrijecido, o que indica que ela havia sido morta já há alguns dias. Não notamos nenhuma perfuração aparente. Só o resultado do exeme cadavérico poderá esclarecer a causa exata da morte. Feminicídio é uma das hipóteses consideradas disse o delegado.
*** Informações com: Extra
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket