sexta-feira, 19 de abril de 2019

O cantor Eduardo Costa em Processo Judicial prestará serviço comunitário por ofender a apresentadora Fernanda Lima

Recentemente a apresentadora Fernanda Lima decidiu processar o cantor Eduardo Costa após o sertanejo ofendê-la e a chamar de 'imbecil', através das redes sociais. O cantor acabou sendo condenado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, que julgou o caso.
De acordo com informações do colunista Ancelmo Gois, do jornal 'O Globo', Eduardo Costa deverá pagar pena de 50 horas de trabalhos comunitários, durante o período de um mês. Fernanda Lima tinha pedido uma indenização de R$ 100 mil por danos morais, mas o MP-RJ preferiu condenar o sertanejo a prestar serviços à comunidade.
A confusão entre os dois começou quando a apresentadora leu um texto no qual clamava por uma revolução no 'Amor & Sexo', seu programa na Globo, numa crítica velada ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).
“Chamam de louca a mulher que desafia as regras e não se conforma. Chamam de louca a mulher cheia de erotismo, de vida e de tesão. Chamam de louca a mulher que resiste e não desiste. Chamam de louca a mulher que diz sim e a mulher que diz não. Não importa o que façamos, nos chamam de louca. Se levamos a fama, vamos sim deitar na cama. Vamos sabotar as engrenagens desse sistema de opressão. Vamos sabotar as engrenagens desse sistema homofóbico, racista, patriarcal, machista e misógino. Vamos jogar na fogueira as camisas de força da submissão, da tirania e da repressão. Vamos libertar todas nós e todos vocês. Nossa luta está apenas começando. Preparem-se porque essa revolução não tem volta. Bora sabotar tudo isso?”, disse na ocasião.
*** Informações com Notícias ao Minuto
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket