terça-feira, 23 de abril de 2019

Golpe clona contas de WhatsApp para pedir dinheiro a amigos e familiares de vítimas


Criminosos estão clonando o contato dos usuários no aplicativo Whatsapp e, por mensagem, pedem transferências bancárias a amigos e família das vítimas, em Juazeiro do Norte. O novo golpe tem deixado a Polícia Civil em alerta.
A nutricionista Andréia* foi uma das vítimas. Ela iniciou uma conversa com uma amiga, a professora Auxiliadora*, que, durante a troca de mensagens, revelou precisar de um depósito de R$ 1.700.
Andreia disse não ter o dinheiro, e a conversa seguiu, até que a amiga a convidou para participar de um grupo, também no WhatsApp, de venda de roupas de grife. Primeiramente um código seria enviado para o telefone, o qual ela teria que encaminhar de volta para a amiga. As instruções dadas eram, na verdade, uma forma de copiar o número de Andreia e usá-lo para extorquir outras pessoas. A ação foi interrompida quando a nutricionista recebeu uma mensagem da amiga, enviada a partir de outro número, explicando a situação.
A professora Auxiliadora conseguiu reparar o problema do telefone antes de os golpistas conseguirem extorquir dinheiro dos colegas. Tudo começou quando, da mesma forma que Andreia, ela recebeu a proposta de entrar em um grupo. Para isso, precisava acessar um link e encaminhar um código para uma das administradoras. Após o passo a passo, ela não foi adicionada a nenhum grupo e percebeu que o telefone havia sido clonado. 
Após a ação, Auxiliadora ligou para as amigas e confirmou o golpe: mensagens solicitando ajuda financeira estavam sendo encaminhadas do seu número para vários amigos e familiares. Imediatamente, a mulher tratou de informar os colegas e fez um Boletim de Ocorrência na delegacia de Juazeiro do Norte. 
Conforme o delegado Juliano Marcula, a ação trata-se de estelionato. Ele orienta que a população tenha cuidado e sempre desconfie dessas solicitações através do aplicativo e confirme com a própria pessoa. Além disso, o Policial atenta para a importância de registrar um B.O. para auxiliar nas investigações sobre o caso.
Proteção - Há uma ação que pode deixar o celular protegido e, assim, evitar que os golpistas clonem o número. Conforme o professor de informática, José Vinicíus, basta acessar as configurações do aplicativo e ativar a verificação de duas etapas.
De acordo com José Vinicíus, dessa forma, o número irá ficar mais protegido, “são dois fatores que você necessita para ativar o WhatsApp em outro telefone, o que deixa o aparelho mais seguro”. 
*** Informações com Diário do Nordeste

Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket