sexta-feira, 29 de março de 2019

Mileide Mihaile, ex-esposa do Safadão é acusada de não pagar FGTS de funcionária e dever R$ 19 mil de IPTU; ela rebate


Os últimos dias foram de altos e baixos para Mileide Mihaile, ex mulher do cantor Wesley Safadão. Na mesma semana em que a digital influencer e empresária comemorou 30 anos de vida, uma ex-funcionária foi às redes sociais para acusá-la de não depositar o valor referente ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Claryce Silva trabalhou para Mileide entre os dias 02 de julho de 2016 e 31 de outubro do ano passado, data em que foi demitida por meio de uma ligação telefônica, segundo ela. 
"Eu não queria me pronunciar. Mas eu acabei de chegar em casa. Tô chegando da Caixa, e mais uma vez uma viagem perdida. Não tem nada na Caixa", disse Claryce na última quarta-feira (27), nas redes sociais. "A dona Mileide falou que tinha depositado meu dinheiro na Caixa, mas até hoje não recebi o meu dinheiro. Ela fala que depositou, mas quando eu chego na Caixa não tem nada depositado", completou. 
Em resposta, a assessoria de imprensa da influencer enviou para a reportagem do Diário do Nordeste 15 comprovantes de pagamento do Documento de Arrecadação do eSocial (DAE), que recolhe tributos referentes ao FGTS e seguro contra acidentes do trabalho. Todos os pagamentos foram realizados entre 19h50 e 20h04 do dia 07 de dezembro de 2018. Somados, os valores representam a quantia de R$ 5.099.12. 
"A antiga funcionária da Mileide Mihaile já mostrou em seus stories esse documento que comprova que o empregador está isento de qualquer omissão de pagamentos de tributos trabalhistas. Cabe agora que a Caixa Econômica Federal, diante da comprovação do recolhimento do FGTS, proceda o repasse para a interessada. Não é admissível, portanto, que se questione a idoneidade de Mileide Mihaile", disse em nota a assessoria de imprensa de Mileide. 
Em outra postagem, a ex-funcionária rebateu ao publicar uma declaração da Caixa Econômica Federal no qual o banco confirma que não liberou o pagamento do benefício trabalhista porque "os valores recolhidos de FGTS por sua empregadora não haviam sido processados".  (foto ao lado)
Um vídeo em que Claryce aparece elogiando a ex-patroa também foi divulgado em perfis do Instagram. No entanto, a jovem garante que o vídeo foi gravado em 2017. "Eu ainda trabalhava lá, era muito tempo atrás. E aí eu falei nesse vídeo o que eu pensei que ela era. Só que eu acho que ela não é desse jeito, porque eu cuidei muito bem do Yhudy, eu fui contratada para ser babá do Yhudy, fazia outras coisas: engomava, passava... Nunca reclamei de nada. E ela me expulsou de lá", disse Claryce em um outro vídeo, dessa vez veiculado em seu perfil pessoal. 
"Eu sou muito humilde, vim de uma família muito humilde, estou desempregada até hoje. Eu preciso desse dinheiro. Eu só estou falando isso porque tá demais. O povo tá falando muita coisa que é mentira, que tá tudo bem, não tá tudo bem. Que eu preciso desse meu dinheiro e até agora não recebi. Segunda-feira eu vou na Caixa de novo para ver se tem algo depositado", relatou. 
Claryce também não recebeu o seguro-desemprego por ter demorado a dar entrada na soliticação, que para empregada doméstica deve acontecer no prazo máximo de 90 dias. Ela ainda foi orientada pela advogada que está acompanhando o caso a não se pronunciar mais.
Convocada a pagar IPTU - Na última quinta-feira (28), também vazou na internet uma suposta carta de citação endereçada à Mileide constando uma dívida de R$ 19.703,88 de IPTU. O valor é referente ao atraso no pagamento do imposto desde 2014. A execução fiscal foi solicitada pela Procuradoria Geral do Município (PGM) e protocolada no dia 19 de janeiro na 4ª Vara de Execuções Fiscais em Fortaleza. Questionada, a assessoria de imprensa disse não ter conhecimento sobre o assunto e que irá checar com a contabilidade.

*** Informações com Diário do Nordeste - Vídeo OP9 Portal
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket