segunda-feira, 11 de março de 2019

Em Tianguá, população planta bananeiras na BR-222 para protestar contra buracos na via. Assista ao vídeo

Moradores da cidade de Tianguá, na Região da Ibiapaba, no Ceará, plantaram bananeiras em diversos pontos da rodovia BR-222 como forma de protesto contra os buracos na via. Segundo condutores que passam pelo local, os buracos prejudicam o tráfego no trecho entre o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) até a saída para o estado do Piauí.
O secretário de Infraestrutura de Tianguá, Fábio Albuquerque, informou que já enviou um ofício para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para tentar solucionar o problema do perímetro urbano da BR.
Francisco Júnior, que trabalha em frente a BR-222, diz que frequentemente acontecem acidentes na via pública.
“Mês atrás um rapaz caiu no buraco e seis dias depois morreu de traumatismo craniano. São vários buracos, tanto aqui na entrada como quem vai para Viçosa. Pedimos que seja solucionado o problema o mais rápido possível. Quando chove a situação piora porque os buracos ficam cobertos e o pessoal acaba caindo neles”, contou.
Desde o dia 5 de fevereiro, após uma chuva, a Rua Francisca Carla estava com buracos. Na manhã desta segunda-feira (11), a população plantou as bananeiras como forma de reivindicar a reparação no trecho. As plantas já foram retiradas da BR, mas a manifestação foi estendida à Rua Francisca Carla, no Centro da cidade.
Em nota, o DNIT ressaltou que tem conhecimento da situação no local e que possui um contrato para realizar a manutenção da rodovia. "O contrato encontra-se vigente e o DNIT já tomou as providências no sentido de acionar a empresa para comparecer ao local e realizar os reparos necessários”, comunicou.
*** Informações com G1-CE
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket