sábado, 23 de fevereiro de 2019

Após ser raptada e torturada, mulher escapa da morte, sinistro ocorrido nesta sexta (22), em Fortaleza


Uma mulher de 22 anos escapou da morte, no Conjunto Palmeiras, em Fortaleza, nesta sexta-feira (22). Ela foi raptada e brutalmente espancada após ser retirada de casa, no Planalto Ayrton Senna. De acordo com a Polícia, criminosos a torturaram e aguardavam ordem que viria de dentro de um presídio para executá-la. A ação foi frustrada por militares e pela Secretaria de Administração Penitenciária do Estado (SAP).
Após ser retirada da própria residência, a mulher, que teve a identidade preservada, sofreu por horas. Ela foi raptada por volta de meio-dia e localizada no final da noite. A polícia a encontrou amarrada, amordaçada e com o rosto desfigurado. Ela foi atingida por um golpe de facão em uma das pernas. 
A vítima afirmou que os suspeitos esperavam apenas a ordem de dentro de uma das penitenciárias cearenses para que a execução ocorresse. Como a comunicação ficou comprometida, esse crime não ocorreu. Nesse período, a polícia conseguiu encontrar o local para onde ela havia sido levada, na Rua da Consolação.
Francisco David Souza de Oliveira, de 19 anos, e Júlio César Lopes dos Santos, de 21, que já tinha sido preso por homicídio, foram presos em uma festa de Pré-Carnaval, no Conjunto Palmeiras. A mulher também já respondia por roubo e seria morta por não aceitar fazer parte de uma facção criminosa. Outros oito suspeitos de participação no crime foram identificados e continuam foragidos.

*** Informações com CNEWS - TV CIDADE POR RICARDO LIMA
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket