terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Engenheiros que atestaram segurança da barragem de Brumadinho são presos na manhã desta terça (29).

A Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo cumprem, na manhã desta terça-feira, (29/1), cinco mandados de prisão temporária contra engenheiros que atestaram a segurança da barragem 1 da Mina do Feijão, em Brumadinho (MG), que se rompeu na última sexta-feira (25/1). Além disso, sete mandados de busca e apreensão também são cumpridos pelas autoridades. O pedido foi expedido pela Justiça Estadual de Minas Gerais. 
De acordo com o MP, três funcionários da Vale presos estão diretamente envolvidos com o processo de licenciamento da barragem que estourou em Brumadinho. Além disso, foram presos engenheiros terceirizados que atestaram a estabilidade da barragem, em data recente. Os documentos e provas apreendidas também serão encaminhados ao Ministério Público para análise.
Até a noite de segunda-feira, (28/1), 65 corpos haviam sido resgatados e 279 pessoas continuavam desaparecidas após a tragédia provocada pelo rompimento da barragem da mineradora Vale. 
A investigação apura se documentos técnicos, feitos por empresas contratadas pela Vale e que atestava a segurança da barragem, foram fraudados. O nome das empresas prestadoras de serviços não foi divulgado. Os dois homens foram presos em São Paulo e devem ser levados para oitiva em Belo Horizonte.
Dos cinco alvos da operação, dois tinham domicílio em São Paulo e os demais residem na região metropolitana de Belo Horizonte. A prisão foi decretada pelo prazo de 30 dias.
A Vale se pronunciou através das redes sociais e informou que está colaborando plenamente com as autoridades. "A Vale permanecerá contribuindo  com as investigações para a apuração dos fatos, juntamente com o apoio incondicional às famílias atingidas", diz no texto.
*** Informações com Jornal Correio Braziliense
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket