segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Ipuense usa as redes sociais para chamar atenção das autoridades competentes para um "surto" de Calazar em Ipu.


A advogada, ipuense Lais Pinto usou as redes sociais nesta segunda-feira (05-11-2018) para chamar atenção das autoridades em forma de apelo para um "surto" de Leishmoniose, conhecida popularmente como "Calazar", ela lamenta que seu cachorrinha tenha sido sacrificado após ser diagnosticado com a terrível doença. Veja: 

(..) "Todos sabem que eu e minha família sempre pertencemos ao grupo político ROCHISTA, seguido liderado pela família CARLOS, porém sempre respeitamos nossos adversários. Particularmente admiro algumas formas de trabalhar da atual administração de nossa cidade. Hoje, venho por meio desta publicação lamentar o que vem ocorrendo em nosso município que pode ser chamado de um surto de LEISHMANIOSE, conhecida popularmente como calazar, onde recentemente nosso cachorrinho foi diagnosticado com a terrível doença e teve que ser sacrificado. Ao procurarmos a SUCAN, tomamos conhecimento que não existe disponível no município pulverização para combater e evitar que se evolucione ainda mais. A situação vem se agravando e aqui faço um apelo aos senhores vereadores e ao gestor municipal para que busquem acompanhar de perto tal problema para solucionar adotando medidas eficazes. Gostaria de esclarecer que em nossa residência já ocorreram 2 casos e todos comunicados a SUCAN, que por sua vez não tomou as providências cabíveis.  Como não tenho provas, não falarei os números que tomei conhecimento, por ser bastante estarrecedor e se tratar de centenas de cachorros abatidos em 1 mês."
Ainda na sua publicação, o setor de Endemias respondeu o comentário da advogada lamentando o ocorrido, veja: 
(..) "O setor de Endemias lamenta tudo que está acontecendo, tanto a incidência de cães diagnosticado com Leishmaniose Visceral, quanto a falta de conhecimentos de grande parte da população para com o problema. Este setor desenvolve suas atividades de acordo com as orientações técnicas da SESA e Ministério da Saúde. No entanto, somos recomendado a fazer exames em todos os cães das áreas onde houve uma pessoa acometida pela doença nos últimos 4 anos. Os exames disponibilizados são o teste rápido (DPP) ao ser executado e dando reagente em seguida será colhido o material (sangue-soro) e encaminhado para o laboratório de referencia do estado do Ceará-LACEN para a realização do exame ELISA e se for reagente, o animal será diagnosticado doente com Leishmaniose Visceral. Em seguida procuraremos o animal diagnosticado para o recolhimento e realização da EUTANASIA., onde só efetuaremos o serviço com a permissão do proprietário, que por sua vez se não permitir a execução do referido procedimento deverá assumir a responsabilidade de tratar e manter o animal durante o tratamento de forma que não venha a comprometer a saúde nem dos seus animais vizinhos e principalmente da saúde dos cidadãos."
(..) "Além da Eutanásia, são realizadas as seguintes ações: - Uso de inseticida em áreas com pessoas acometidas ou em tratamento da Leishmaniose Visceral; - Educação Sanitária realizada pelos profissionais em visita domiciliar durante a realização dos exames nos animais, alertando-os para a necessidade da limpeza periódica nos quintais, retirada de material orgânico em decomposição( folhas, frutos, fezes de animais e outros entulhos exposto a umidade do solo); - orientação para destinar adequadamente o lixo orgânico a fim de impedir o desenvolvimento das larvas dos mosquitos; - orientação para limpeza dos abrigos dos animais domésticos a fim de reduzir a atração dos flebotomíneos para dentro dos domicílios. Ressaltamos que a prevenção em parceria dos órgãos "COMPETENTES E POPULAÇÃO é o melhor caminho para erradicarmos tal praga em nosso meio . Observação: O animal citado nesta postagem não realizou exames neste setor nos últimos meses. Lembramos ainda que este setor não tem partido político, é um setor público que prima o bem estar e a saúde da população."
*** Imagem meramente ilustrativa
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores