quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Flagra: Passageira flagra motorista de Uber se masturbando ao dirigir; veja o vídeo

Uma moradora de Águas Claras chamou um Uber para ir até o Aeroporto Juscelino Kubitschek, na manhã do último domingo (7), filmou o motorista enviado pelo aplicativo se masturbando com o veículo em movimento. A mulher esperou até o momento do desembarque, na plataforma superior do terminal, para interpelar o homem, que, constrangido, foi embora.
Nas imagens e possível ver o condutor com as calças abertas e se masturbando. Ao finalizar a corrida e descer do veículo, o homem retira as malas da passageira e comenta: “Muitíssimo obrigado, vai com Deus, meu anjo”.
Revoltada com a ação do motorista, a passageira rebate. “Não pense que eu não vi você pegando no seu pau, tá? Você é um ridículo, você é um verme, eu vi. Eu gravei e vou chamar a polícia para você. Essa é a placa dele, essa é a cara do homem que estava me assediando, pegando no pau. Que Uber é você? Que falta de respeito, seu verme”, gritou a mulher, do lado de fora do automóvel.
Assustado com a reação da passageira, o homem negou que estivesse se masturbando, entrou no carro e deixou o aeroporto.
A assessoria de comunicação do Uber afirmou que a última viagem do motorista pelo aplicativo foi realizada na sexta-feira (05). "Pelo que foi possível apurar até o momento, a viagem em questão não teria acontecido na plataforma. De qualquer forma, nenhum comportamento criminoso é tolerado, e o motorista foi banido da plataforma assim que a denúncia foi feita. A Uber repudia qualquer tipo de comportamento abusivo contra mulheres e acredita na importância de combater, coibir e denunciar casos de assédio", informou a empresa, por meio de nota. O documento ainda ressaltou que a companhia está disposta para colaborar com as autoridades no curso de investigações ou processos judiciais. "Nenhuma viagem com a plataforma é anônima, e todas são registrada por GPS. Isso permite que, em caso de incidentes, nossa equipe especializada possa dar o suporte necessário, sabendo quem foi o motorista parceiro e o usuário, seu histórico e qual o trajeto realizado", afirmou a Uber.
A assessoria de comunicação do Uber afirmou que a última viagem do motorista pelo aplicativo foi realizada na sexta-feira (05). "Pelo que foi possível apurar até o momento, a viagem em questão não teria acontecido na plataforma. De qualquer forma, nenhum comportamento criminoso é tolerado, e o motorista foi banido da plataforma assim que a denúncia foi feita. A Uber repudia qualquer tipo de comportamento abusivo contra mulheres e acredita na importância de combater, coibir e denunciar casos de assédio", informou a empresa, por meio de nota. 
O documento ainda ressaltou que a companhia está disposta para colaborar com as autoridades no curso de investigações ou processos judiciais. "Nenhuma viagem com a plataforma é anônima, e todas são registrada por GPS. Isso permite que, em caso de incidentes, nossa equipe especializada possa dar o suporte necessário, sabendo quem foi o motorista parceiro e o usuário, seu histórico e qual o trajeto realizado", afirmou a Uber.
*** Informações com: Diário Online
Vídeo:

Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores