sábado, 24 de março de 2018

Ceará é segundo estado do Nordeste com mais demissões por comum acordo

O Ceará teve 447 trabalhadores desligados por acordo entre trabalhadores e empregados nos dois primeiros meses de 2018. O mecanismo foi criado pela reforma trabalhista aprovada no ano passado. O Estado foi o segundo do Nordeste com maior número de demissões por este mecanismo, atrás apenas da Bahia, com 588.
No Ceará, foram 203 demissões nesse formato em janeiro e 244 em fevereiro. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira, 23, pelo Ministério do Trabalho.
Na demissão por comum acordo, o trabalhador recebe metade da multa de 40% sobre o saldo do FGTS e metade do aviso prévio indenizado. O funcionário também pode movimentar até 80% do valor depositado pela empresa no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Não tem direito, todavia, ao seguro-desemprego.
Em todo o Brasil, foram 11.118 demissões por acordo entre empregador e empregado, envolvendo 8.476 estabelecimentos. Os estados com maiores números foram São Paulo (3.257), Paraná (1.214), Minas Gerais (962), Rio de Janeiro (941) e Rio Grande do Sul (901).
*** Informações com O Povo
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores