terça-feira, 19 de dezembro de 2017

O Ministro Gilmar Mendes manda soltar Adriana Ancelmo

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na tarde desta segunda-feira (18) que a ex-primeira-dama do estado do Rio de Janeiro, a advogada Adriana Ancelmo, deixe a prisão de Benfica, na Zona Norte do Rio, e cumpra prisão domiciliar. O ministro atendeu a um pedido de habeas corpus feito pela defesa de Adriana.
Mulher do ex-governador Sérgio Cabral, que também está preso em Benfica, Adriana Ancelmo é acusada de lavagem de dinheiro na organização criminosa criada pelo seu marido no governo do estado. A ex-primeira-dama foi condenada a 18 anos de reclusão.
No último dia 23, três dos cinco desembargadores do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) atenderam a um recurso do Ministério Público Federal e determinaram que Adriana Ancelmo teria que deixar seu apartamento no Leblon, na Zona Sul do Rio, para cumprir a prisão em regime fechado.
*** Informações com Jornal do Brasil
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores