terça-feira, 19 de dezembro de 2017

O Ministro Gilmar Mendes manda soltar Adriana Ancelmo

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na tarde desta segunda-feira (18) que a ex-primeira-dama do estado do Rio de Janeiro, a advogada Adriana Ancelmo, deixe a prisão de Benfica, na Zona Norte do Rio, e cumpra prisão domiciliar. O ministro atendeu a um pedido de habeas corpus feito pela defesa de Adriana.
Mulher do ex-governador Sérgio Cabral, que também está preso em Benfica, Adriana Ancelmo é acusada de lavagem de dinheiro na organização criminosa criada pelo seu marido no governo do estado. A ex-primeira-dama foi condenada a 18 anos de reclusão.
No último dia 23, três dos cinco desembargadores do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) atenderam a um recurso do Ministério Público Federal e determinaram que Adriana Ancelmo teria que deixar seu apartamento no Leblon, na Zona Sul do Rio, para cumprir a prisão em regime fechado.
*** Informações com Jornal do Brasil
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket