sexta-feira, 19 de maio de 2017

Tasso afirma que ministros tucanos ficarão nos cargos até divulgação das gravações

O presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati, acaba de divulgar uma nota, nesta quinta-feira (18), em que afirma que os quatro ministros tucanos permanecerão nos cargos até que o “conteúdo das gravações dos executivos da JBS” seja divulgado.
A cúpula do PSDB debateu, durante toda esta quinta-feira, sobre a permanência do partido na base do governo Temer. Os ministros Bruno Araújo (Cidades) e Aloísio Nunes (Relações Exteriores) foram os defensores mais ferrenhos do desembargue do partido da base aliada, chegando até a elaborar as cartas de demissão.
Além de Bruno e Aloysio, completam o quadro de ministros do PSDB: Luislinda Valois (Direitos Humanos) e Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo).
Confira na íntegra:
Nota do presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE)
Mantendo sua responsabilidade com o país, que enfrenta uma crise econômica sem precedentes, o PSDB pediu aos seus quatro ministros que permaneçam em seus respectivos cargos, enquanto o partido, assim como o Brasil, aguarda a divulgação do conteúdo das gravações dos executivos da JBS.
*** Informações com Ceará News 7
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores