terça-feira, 9 de maio de 2017

"Lava Jato": Polícia apreendeu facões e foices em ônibus de militantes do MST, diz SSP-PR

O secretário estadual de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, disse a jornalistas nesta terça (9) em Curitiba que armas brancas foram apreendidas em um ônibus de militantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) que seguiam rumo à capital paranaense para apoiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, cujo depoimento ao juiz Sergio Moro está marcado para quarta (10).
Segundo Mesquita, foram apreendidos facões e foices. De acordo com o secretário, não houve prisões porque o porte deste tipo de artefato não é crime, mas o material foi levado pela polícia por ser "não condizente com uma manifestação democrática".
Mesquita informou que houve pedido à ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) para a entrada de 36 ônibus no Paraná, sendo 22 oriundos de São Paulo. De acordo com o secretário, 20 ônibus já chegaram a Curitiba. No total, 1.350 militantes devem vir nestes coletivos.
Até amanhã, Mesquita disse que as autoridades esperam a chegada de cerca de 100 ônibus. "Nós não abriremos mão de qualquer prerrogativa de fazer fiscalização", seja qual for a orientação política do grupo, afirmou o secretário.
Bloqueios à Justiça Federal não são divulgadosMesquita disse que os bloqueios de trânsito nos arredores do prédio da Justiça Federal, no bairro do Ahú --onde Lula vai depor, e o efetivo policial para o patrulhamento de Curitiba na quarta não serão divulgados por questões de segurança.
Segundo o secretário, a estrutura montada é "adequada, suficiente e preparada para este tipo de missão", com o objetivo de que os grupos envolvidos "possam expressar suas ideias de forma democrática com o menor transtorno possível para a população."
A região do prédio da Justiça Federal será bloqueada às 23h desta terça. A montagem das grades que delimitarão o bloqueio começa às 19h. Apenas moradores, comerciantes e profissionais de imprensa credenciados terão acesso ao local.
A princípio, apenas vias no entorno do prédio da Justiça Federal serão bloqueadas, mas Mesquita disse que a circulação nas regiões do Museu Oscar Niemeyer, no Centro Cívico, e da praça Santos Andrade, deve ser evitada. Militantes pró-Lava Jato devem se reunir no primeiro local, e os pró-PT, no segundo.
Segundo Mesquita, Lula e a ex-presidente Dilma Rousseff não pediram escolta às autoridades estaduais, mas que há a condição de fazê-lo se necessário. Ambos já têm direito à escolta federal por serem ex-presidentes.
Segundo o secretário, haverá ainda nesta terça, às 18h, uma caminhada da região da Rodoferroviária, onde estão acampados militantes pró-Lula, até a praça Tiradentes. De acordo com Mesquita, o trânsito na região será "reorganizado".
A operação conjunta entre as polícias Federal, Rodoviária Federal, Militar, Civil e Rodoviária Estadual foi batizada como Civitas, palavra em latim que significa "cidadania".
*** Informações com UOL
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores