quarta-feira, 10 de maio de 2017

Decon autua agências bancárias em Sobral

O Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), interditou uma agência bancária em Fortaleza e autuou cinco em Sobral durante fiscalizações. As ações visavam verificar reclamações recorrentes de desrespeito ao tempo de espera em filas, ato que descumpre o Código de Defesa do Consumidor.
“O consumidor de Sobral vem sofrendo com as longas filas nos bancos e ficou constatado que, além de irregularidades na documentação necessária para o funcionamento, todos os bancos desrespeitam o tempo máximo nas filas, submetendo as pessoas a horas de espera. Constatou-se, inclusive, que pessoas são obrigadas a esperar pelo atendimento fora do estabelecimento”, aponta a promotora de Justiça Juliana Cronemberger, que também é coordenadora regional do Decon Sobral.
Em Fortaleza, a agência do Banco do Brasil, na Avenida Pontes Vieira, no Bairro Aldeota foi interditada por falta do certificado de conformidade do Corpo de Bombeiros, um documento que atesta que o local não apresenta riscos. O Decon informou que essa irregularidade foi constatada em junho do ano passado. A agência teve um prazo para se regularizar, mas, segundo o Ministério Público, isso não ocorreu. 
Durante a fiscalização, os técnicos do Decon constataram irregularidades em todas as agências bancárias visitadas: Itaú-Unibanco, Caixa Econômica Federal, Banco do Nordeste, Banco do Brasil e Bradesco, todos localizados na Rua Coronel José Sabóia, no Centro da cidade de Sobral. Os autos de infração serão julgados pela secretaria-executiva do órgão consumerista, em Fortaleza. O Decon Sobral instaurará inquérito para apurar as responsabilidades e propor medidas para minimizar os prejuízos causados ao consumidor.
Dentre as irregularidades verificadas, estão: ausência de alvará de funcionamento, de certificado de conformidade do Corpo de Bombeiros e registro sanitário; ausência de aparelho eletrônico para emissão de senhas, ausência de cartaz indicativo com o número dos órgãos de defesa do consumidor; desrespeito ao tempo máximo de espera do consumidor na fila; ausência de elevador ou rampa de acesso aos pisos superiores; ausência de cadeira para idosos e gestantes, não existência de banheiros separados (masculino e feminino).
*** Informações com CNEWS
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores