terça-feira, 7 de março de 2017

Casos supostos da ''virose da mosca'' crescem no interior do Ceará.

Diarreia, vômito, febre, dor de cabeça e dores musculares. São esses os sintomas de dezenas de pacientes que lotam o Hospital Municipal de Catarina, Dr. Gentil Domingues, em busca de atendimento médico. A secretária municipal de Saúde de Catarina, Valéria Rodrigues Cavalcante, disse que esses sintomas levam a crer que sejam causados pela virose da mosca. Para evitar a doença, a secretária diz que todos devem lavar bem as mãos e os alimentos antes de comer, e conservá-los na geladeira, manter a higiene de casa e beber muita água.
A Prefeitura de Catarina, a Secretaria Municipal de Saúde e a direção do Hospital Municipal de Catarina reforçaram a equipe médica, de enfermagem e demais profissionais para o atendimento no setor de emergência.
Para o coordenador municipal de Endemias, os casos suspeitos de dengue, chikungunya e zika quadruplicaram no último mês em Catarina, afirma Agapito Neto.
Caso suspeito é todo aquele que apresente febre seguido de dois ou mais sintomas: náuseas, vômitos, dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dores nas articulações, dores no corpo, manchas no corpo. Fortes dores articulares com febre sugerem chikungunya. Manchas no corpo que coçam, e febre baixa sugerem zika.
O tratamento de ambas as viroses é semelhante, e salvo, exceto as pessoas que tenham alergia, constitui-se em repouso, ingestão de três a cinco litros de água ao dia, medicações para alívio da febre e da dor: dipirona e/ou paracetamol.
Na última sexta-feira (3), o coordenador municipal de endemias de Catarina, Aglayrton Guedes, dois funcionários da 18ª Célula Regional de Saúde de Iguatu, Valmir Torres, supervisor regional, e Ivan Souza, técnico regional, participaram de uma reunião com a secretária de Saúde de Catarina, Valéria Rodrigues Cavalcante. No encontro, gestores locais solicitaram o carro fumacê. (Com informações de Diomar Araújo).
*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores