quinta-feira, 3 de novembro de 2016

"Sem dinheiro": Polícia Civil do Rio de Janeiro pede doações a empresários para garantir serviços.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro pediu a ajuda de empresas para a corporação enfrentar a crise financeira do Estado e garantir a continuidade de seus serviços. O anúncio do socorro foi feito no Diário Oficial na terça-feira. Por meio do programa Juntos com a Polícia, a instituição pede a doação de bens e serviços.
A corporação argumentou que a iniciativa busca “garantir a prestação de um serviço público que é essencial para a sociedade e com a qualidade que o cidadão merece, bem como em razão do atual cenário de contingenciamento vivenciado diante da crise do Estado”.
A crise deixou as delegacias sem serviços de limpeza, atendimento e manutenção. Também faltam itens básicos para o funcionamento, como tinta e papel para a impressão de documentos. No programa, a Polícia pede a doação de suprimentos de escritório, informática, materiais de higiene e limpeza. Também será possível a prestação de serviços, como a realização de pequenos reparos nas instalações das delegacias e coleta de lixo comum ou especial.
De acordo com o edital, a parceria da polícia com pessoas jurídicas de direito privado com fins lucrativos não terá qualquer contrapartida do órgão, “tendo como fundamento a responsabilidade social das empresas privadas”. Segundo a publicação, poderá participar do programa qualquer instituição com fins lucrativos ou empresa em funcionamento e que goze de regularidade legal e fiscal.
“(As empresas) serão chamadas para, voluntariamente, colaborarem com doações de bens e serviços para a Polícia Civil, contribuindo de forma imediata para a realização da Segurança Pública, tratada constitucionalmente como responsabilidade do Estado, mas dever de todos; e que, por fim, em observância aos princípios da publicidade/transparência, que exige visibilidade dos atos da administração, possibilitando seu controle e a livre participação de eventuais interessados”, diz o edital.
Em nota, a Polícia Civil informou que o Juntos com a Polícia é “um programa inovador, que tem como objetivo incentivar parcerias entre a Polícia Civil e empresas para viabilizar doações de bens e serviços para a instituição, contribuindo de forma mediata para a realização da segurança pública, tratada constitucionalmente como responsabilidade do Estado, mas dever de todos, e do bem-estar social”.
O projeto foi elaborado pela assessoria jurídica da Polícia Civil e recebeu parecer favorável da Procuradoria Geral do Estado. As empresas interessadas em participar do programa devem fazer contato com o Departamento-Geral de Administração e Finanças da Polícia Civil.  
*** Informações com O Estadão
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

1 comentários:

Um dos estados que arecadao mais dinheiro de nois cidados para vcs verem a falta de repeito que esses vagabundos dos politicos tem com os policias e trabalhadores do meu estado!!

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores