segunda-feira, 14 de novembro de 2016

"Aposentadoria": Felipe Massa bate e se despede de Interlagos sob lágrimas e aplausos

“Eu estava tentando, mas vai ser um dia inesquecível para a minha vida.” O piloto brasileiro Felipe Massa estava prestes a completar a 48ª volta quando perdeu o controle de sua Williams na Subida do Café e atingiu em cheio o guard rail. Foi o fim de uma história que nem Massa ou qualquer torcedor nas arquibancadas de Interlagos gostaria de assistir. Mas do acidente infeliz, o vice-campeão do Mundial de pilotos em 2008, que largou pela 14ª vez para o Grande Prêmio do Brasil, fez sua passarela de despedida. Ao voltar para os boxes, caminhando pela lateral da pista, Felipe fez questão de saudar o público. Bateu no peito, no lado do coração, acenou e estendeu uma bandeira brasileira.
Ao chegar no pit lane, mais lágrimas e deferências. Primeiro da equipe da organização da prova. Alinharam-se todos, formando um corredor de aplausos. Na sequência, Felipe foi recepcionado por sua esposa, Rafaella, e pelo filho Felipinho. Em seguida, os mecânicos e funcionários da Ferrari, cujas cores Massa defendeu por oito anos, fizeram questão de abraçar e cumprimentar o piloto. O brasileiro respondia a cada um em bom italiano: “Prego”, um obrigado na língua oficial da equipe vermelha.
Já no box de sua atual equipe, a Williams, Felipe encontrou com o resto de seus familiares, o pai Titônio e os irmãos Eduardo e Fernanda. Na saída, falou aos jornalistas sobre as emoções que passavam em sua cabeça. “Eu não esperava. Difícil de dizer, de explicar. Peço desculpas, queria acabar a corrida. Mas tenho que agradecer à torcida pelo respeito. Eu estava tentando, mas vai ser um dia inesquecível para a minha vida. Eu penso em tudo, em agradecer esse momento, sem dúvida é um dia, um momento do final. Lógico, de uma carreira muito orgulhosa que conquistei. A última corrida no Brasil na F1. Espero correr em outra categoria no Brasil, é algo especial. Saio de cabeça erguida e com o coração apertado.”
Felipe correu com um enorme OBRIGADO, assim mesmo em maiúsculas, estampado no aerofólio traseiro de sua Williams, no lugar da patrocinadora Martini. A torcida devolveu ao longo de todo o fim de semana na mesma moeda. Ao caminhar em direção à ambulância (Felipe foi conduzido ao carro médico por protocolo da organização), ele pôde ouvir diversos “Valeu, Felipe!” verbalizados pelos fãs nos camarotes. O brasileiro agora tem apenas mais uma oportunidade de guiar um Fórmula 1, daqui a duas semanas em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos.
*** Informações com Revista Veja
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores