Fortaleza perde para o Bahia por 4 a 2 no Pituaçu

A sequência de empates do Fortaleza na Série A do Brasileiro foi encerrada, mas não como o torcedor tricolor queria. O Leão voltou a perder após seis rodadas na competição, desta vez para o Bahia, fora de casa, no jogo que marcou o fim do turno de ida.

O placar de 4 a 2, no estádio Pituaçu, foi construído quase todo pelo colombiano Hugo Rodallega, do Bahia, que fez os quatro tentos do Esquadrão. O tricolor cearense até esboçou uma reação durante a partida, mas o quarto gol, já aos 30 do segundo tempo, complicou a situação.

Apesar de ter feito um primeiro tempo bem abaixo do que costuma apresentar, o Fortaleza teve uma a chance de sair na frente logo aos 2 minutos de jogo. Romarinho conseguiu desarmar um adversário no campo de ataque e partiu com a bola. Ele rolou de lado para Robson, que avançava pela direita, por dentro. O camisa 7 deu um tapa na bola e na entrada da área arriscou um chute cruzado, mandando para fora.

Essa foi a única chance real de gol do Leão, que viu o Bahia ocupar bem os espaços no campo de defesa e tomar as rédeas da partida desde o começo. O Esquadrão teve mais posse de bola e descer ao ataque mais vezes, especialmente pelo lado esquerdo. Numa dessas investidas, Juninho Capixaba foi à linha de fundo e tentou cruzamento. Robson deu carrinho para bloquear, a bola bateu na coxa dele e depois no braço esquerdo, que estava levantado.

A arbitragem de campo não marcou nada de imediato, mas depois o árbitro Luiz Flávio de Oliveira foi chamado pelo VAR e foi até o monitor rever o lance, decidindo pela marcação da penalidade. Rodriguinho foi para a cobrança, aos 18, e acertou a trave esquerda de Boeck.

O desperdício da penalidade não deu o ânimo que se imaginava no Fortaleza e o Bahia continuava com mais volume. Após uma cobrança de escanteio, aos 30, Luiz Otávio acertou um chute alto e obrigou Boeck a fazer boa defesa. Nove minutos depois, Rossi experimentou chutar de fora da área e o camisa 1 do Leão espalmou.

Aos 41, porém, o goleiro do Fortaleza não conseguiu evitar que os baianos abrissem o placar. A jogada começou com Lucas Araújo roubando a bola no campo de defesa e executando passe longo, rasteiro, para Rossi. O zagueiro Jackson tentou cortar, mas deu o bote errado e o camisa 7 do Bahia fez a recepção. Ele viu Rodallega invadindo a grande área pelo meio e passou para ele, que bateu na saída do goleiro.

Na volta do intervalo, o Fortaleza tentou fazer pressão no início, mas nos primeiros dez minutos só conseguiu um chute colocado de Lucas Crispim, de fora da área, que passou rente à trave esquerda de Matheus Teixeira. No ataque seguinte do Leão, o camisa 10 executou o mesmo chute, dessa vez de dentro da área, mas errando o alvo novamente.

Com o Tricolor do Pici saindo pro jogo e ficando com a defesa mais exposta, o Bahia passou a apostar em bolas recuperadas e ataque em velocidade. O segundo gol, no entanto, saiu de erro do goleiro Marcelo Boeck. Ele recebeu um recuo de Jackson e na hora de devolver, mandou a bola nos pés de Maycon Douglas, que só rolou para Rodallega , no meio, desviar para a rede, aos 18.

O Fortaleza sentiu o segundo gol e o Bahia chegou mais duas vezes seguidas. Primeiro com o próprio Maycon Douglas, que invadiu a área pela esquerda em velocidade, brecou e mandou no gol, mas Boeck espalmou. Depois, aos 21, Capixaba cruzou da esquerda, ninguém da defesa afastou e o colombiano Rodallega emendou com a perna esquerda, fazendo o terceiro.

A essa altura, parecia que o jogo tinha acabado, mas o Leão esboçou reação. Numa cobrança de falta de Lucas Crispim, aos 24, a zaga baiana afastou mal e, da entrada da área, Pikachu soltou o chute de pé direito, diminuindo o placar. Logo em sequência, Matheus Vargas e Titi tiveram oportunidades de chutar do comecinho da grande área, mas miraram mal.

O time cearense chegou a diminuir a distância para um gol, aos 29, quando Lucas Lima cobrou escanteio da esquerda, Tinga deu um leve toque na primeira trave e na segunda, Matheus Vargas desviou para o gol.

A resposta do Bahia, porém, foi imediata. Em mais um lance com poucos defensores do Fortaleza na grande área, um cruzamento da esquerda foi feita para Rodallega, que girou e bateu, para defesa de Boeck. No rebote, o próprio colombiano finalizou, no lado oposto para o qual o arqueiro caiu e fez 4 a 2.

Depois disso, o Leão até tentou voltar para o jogo, mas o Bahia segurou bem a partida. A última derrota do Fortaleza na Série A tinha sido no 13ª rodada , no Clássico-Rei.

*** Informações com 👉 Jornal O Povo

ATENÇÃO: 👉 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DE VÍDEOS – 👌 Clique Aqui

Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área com porta de vidro. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. 👉 Valor: R$ 400,00. Interessados ligar via: 👉 WhatsApp: Tim (88) 9.9688-9008 e TIM (88) 9.9736-3674.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *