Falsa agência lotérica no Ceará estava registrada em nome de adolescente; cinco suspeitos foram capturados

Uma falsa agência lotérica localizada em Beberibe, no interior do Ceará, estava registrada no nome de um adolescente, conforme a delegada municipal Ana Scotti. Nesta quinta-feira (1º), cinco suspeitos foram presos. Eles também cometeram os crimes em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), em Belém e Ananindeua, no Pará. A polícia ainda investiga a atuação em Patos, na Paraíba.

O grupo vai responder por estelionato, associação criminosa, fraude em comércio, falsidade ideológica e uso de documento falso. Eles também abriram uma agência em Itaitinga (CE) e tentaram abrir uma falsa lotérica em Horizonte, na RMF, mas não conseguiram nesta cidade.
“No início do ano, foi identificado que indivíduos estavam abrindo uma loja de ‘Chegue&Pague’, que é um correspondente bancário, no Centro da cidade [Beberibe]. As pessoas começaram a nos procurar informando que estavam pagando boletos no local e, dias depois, os boletos não eram compensados”, explicou a delegada.
“Identificamos os responsáveis e, na época, era um menor de idade, que estava com os pais. De acordo com a investigação, depois deles terem saído, eles foram abrir agências em outras cidades, inclusive do Pará”, complementou Scotti. Os suspeitos também atuaram em Belém e Ananindeua, no Norte do país.
A delegada revelou ainda que as polícias do estado tiveram de atuar para preservar a integridade do grupo, após revolta da população. “As pessoas estavam revoltadas, desesperadas, porque juntavam dinheiro para pagar aqueles boletos e não eram compensados”, destaca Ana Scotti.
“Lá em Beberibe, foi mais ou menos um prejuízo de R$ 100 mil à população. Eles, inclusive, chegaram a devolver alguns valores porque eles foram ameaçados de linchamento. Foi uma revolta tão grande na cidade que eles quase foram linchados”, complementa a delegada de Beberibe.
No município, cerca de 50 procedimentos foram instaurados contra o grupo criminoso. “Essas vítimas devem procurar a Justiça para a indenização, para que possam procurar algum tipo de repressão contra esses criminosos”, aconselha Ana Scotti.

A operação – Uma operação da Polícia Civil do Pará prendeu no Ceará na manhã desta quinta-feira (2) cinco pessoas suspeitas de estelionato, associação criminosa fraude em comércio, falsidade ideológico e uso de documento falso.
Segundo a polícia, eles teriam montado falsas casas lotéricas em Belém e Ananindeua e cerca de 50 pessoas teriam sido prejudicadas. Nas cidades paraenses, o golpe chegou a cerca de R$ 480 mil.
A ‘Operação Foco’ foi deflagrada nas cidades Fortaleza, Beberibe e Horizonte, todas no Ceará. Conforme a polícia, oito suspeitos foram identificados e alvo de mandados de prisão e de busca e apreensão, sendo que cinco deles tinham sido presos até as 10h.

As investigações policiais começaram há um mês, após a identificação dos dois espaços comerciais irregulares. Os locais recebiam pagamento de boletos, mas os valores não eram compensados nos destinatários.
O delegado Fernando Marcolino, titular da Delegacia de Estelionato e Outras Fraudes (Deof), disse que depoimentos de testemunhas e vítimas já foram coletadas.
“Diante das investigações, conseguimos identificar oito pessoas, que são apontadas como autoras do golpe. Identificamos também que os criminosos já haviam praticado ato semelhante em outras cidades dos estados da Paraíba e do Ceará, de onde são naturais”, afirmou.
As investigações policiais devem continuar para saber o destino dos valores e a real finalidade. Segundo a Polícia Civil, todos os presos devem ser transferidos para o Pará.

*** Informações com 👉 G1 Ceará

ATENÇÃO: 👉 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DE VÍDEOS – 👌 Clique Aqui

Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área com porta de vidro. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. 👉 Valor: R$ 400,00. Interessados ligar via: 👉 WhatsApp: Tim (88) 9.9688-9008 e TIM (88) 9.9736-3674.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *