MP e TCU pedem investigação sobre gasto de dinheiro da Saúde com aviões que não voaram à Índia.

Em janeiro, quando o Ministério da Saúde e a Fiocruz contrataram aeronaves para buscar dois milhões de vacinas da AstraZeneca na Índia, o trâmite para adquirir os imunizantes gerou um custo à Fiocruz de cerca de R$ 500 mil, com a Saúde também contratando um avião cujo valor pago no aluguel é desconhecido.

Entretanto, o governo indiano não liberou as doses e as viagens para o transporte de vacinas nunca ocorreram.

Diante desse fato, o Ministério Público (MP) e Tribunal de Contas da União (TCU) pediram investigação para averiguar se houve “gasto inútil de dinheiro público pelo governo federal”.

O pedido é assinado pelo subprocurador-geral Lucas Furtado e também mira o suposto superfaturamento ou ato antieconômico na compra.

Atualmente, negociações de vacinas por parte do governo brasileiro estão na mira de várias linhas de investigação na CPI da Covid, por supostos casos de corrupção e superfaturamento.

*** Informações com 👉 Agência Sputnik Brasil

ATENÇÃO: 👉 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DE VÍDEOS – 👌 Clique Aqui

Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área com porta de vidro. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. 👉 Valor: R$ 400,00. Interessados ligar: 👉 Tim (88) 9.9688-9008 TIM (88) 9.9985-0788.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *