quinta-feira, 22 de julho de 2021

Para manter base de governo, Bolsonaro abre espaço para ex-aliado do PT, em mais uma "Dança das Cadeiras".

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta quarta-feira (21/07/2021) que uma "pequena mudança ministerial" deve ocorrer nos próximos dias e dentre as expectativas está a recriação do Ministério do Trabalho, pasta incorporada ao ministério da Economia no início do governo. Um malabarismo com vistas a bem acomodar o PP, que desde 2020 cava espaço no Executivo. O Progressista integrava a base do PT, apoiando a eleição dos ex-presidentes Lula e Dilma, além de ter figurado entre as siglas recordistas de processos na Lava Jato.
A lógica de Bolsonaro passa por um jogo de estica e puxa. Ao recriar a pasta, ele deve indicar para o posto o fiel escudeiro, Onyx Lorenzoni (DEM), hoje chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República. A cadeira vaga está por ser ocupada pelo atual ministro da Casa Civil, o general Luiz Eduardo Ramos, que seria substituído por ninguém menos que o presidente do PP, o senador Ciro Nogueira (PI). A ida de Ciro para a Casa Civil foi confirmada ao Congresso em Foco pelo líder do governo no senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE).
"O centrão já almejava um ministro dentro do Palácio do Planalto. Isso era moeda de troca desde o ano passado e a indicação do Ciro, neste momento, só confirma isso", afirmou um ex-aliado na condição de reserva. As mudanças devem ser anunciadas na segunda-feira (26).
Atualmente, o centrão possui o comando da Secretaria de Governo, com Flávia Arruda (PL-DF), mas o trabalho dela tornou-se alvo de fogo amigo. A chegada de Ciro à Casa Civil, porém, dará outra dimensão à presença do bloco no governo. Primeiro porque a pasta tem uma estratégia singular: a Casa Civil é ponte com a base aliada no Congresso e responde por toda articulação junto aos ministérios. Segundo pelo perfil do senador. Ciro é visto como um nome-chave dentro do Congresso. Ciro possui não apenas bom trânsito, mas relação de amizade próxima com fortes opositores do governo como é o caso do senador Renan Calheiros (MDB-AL), que o considera “amigo”.
As articulações de Ciro NogueiraVisto como líder do centrão, Ciro Nogueira é um articulador nato. Em 2018, elegeu-se com a imagem do ex-presidente Lula, apoio ao PT no Piauí, estado ao qual pertencente, e críticas a Bolsonaro. Em entrevista à TV Meio Norte, o senador chegou a chamar o atual presidente de "fascista" e "preconceituoso". (..) "O Bolsonaro, eu tenho muita restrição, porque é fascista, ele tem um caráter fascista, preconceituoso, é muito fácil ir para a televisão e dizer que vai matar bandido", afirmou.
Ciro Nogueira é presidente do Progressistas desde 2013. Em 2020, o senador aproximou-se de Jair Bolsonaro e decidiu romper com o partido que apoiara nas eleições, isto é, o PT. Com isso declarou oposição ao atual governador do Piauí, Wellington Dias (PT-PI) e tem buscado se fortalecer para concorrer ao Executivo do estado.
Aposta para acalmar o SenadoAo abrigar Ciro, o presidente Bolsonaro também assegura um espaço para um nome do Senado, Casa onde ele enfrenta algumas das principais disputas políticas. Se na Câmara Bolsonaro conta com o escudo do presidente, deputado Arthur Lira (PP-AL) – que vale destacar, controla um orçamento de quase R$ 11 bilhões em emendas – entre os senadores o governo caleja na articulação, tornando-se alvo recorrente de disparos.
Durante cerca de dois meses a CPI da Covid trouxe à público, quase que diariamente, denúncias de erros, omissões e possíveis irregularidades na condução das políticas de combate à pandemia.
Além disso, outrora aliado, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), passou a ser cotado como pré-candidato à presidência e começou a dar sinais de esfriamento da relação com Bolsonaro. Antes do recesso, Pacheco convocou uma coletiva na qual, em tom firme, posicionou-se contra declarações do Bolsonaro sobre fraude nas eleições e saiu em defesa do presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM).
*** Informações com 👉 MATÉRIA COMPLETA NO CONGRESSO EM FOCO
ATENÇÃO: 👉 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DE VÍDEOS - 👌  Clique Aqui
Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área com porta de vidro. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. 👉 Valor: R$ 400,00. Interessados ligar: 👉 Tim (88) 9.9688-9008 TIM (88) 9.9985-0788.
👆 Tags: #aconteceuipu #reportagem #Ceará #Ipuenses #brasil

0 comentários:


SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS