quinta-feira, 8 de julho de 2021

Monstruosidade: Jovem era mantida em cárcere privado, espancada e queimada com faca quente pelo namorado; assista o vídeo

Uma jovem estava sendo mantida em cárcere privado e sofrendo outros tipos de violência como espancamento e queimaduras feitas com a utilização de uma faca dentro da casa do namorado, no interior de Porto de Moz, cidade localizada na região do Xingu, no estado do Pará. Apesar de não portar documentos, foi identificada apenas como M.A.F e informou ter 18 anos. Segundo ela, o namorado seria o agressor.
As informações foram repassadas por um morador de Porto de Moz, que pediu para não ser identificado, mas que testemunhou o atendimento da agredida, que está sob cuidados médico e psicossocial. O caso só veio à tona na manhã de segunda-feira (5).
A jovem conseguiu fugir, na sexta-feira (2), da casa da mãe do namorado, localizada no bairro biata. “A fuga só foi possível porque o namorado havia saído para vender farinha de mandioca, momento em que a adolescente correu atrás de socorro. Uma moradora socorreu a jovem”, conta o morador.
O crime de violência doméstica já é de conhecimento da Polícia Civil. De acordo com o artigo 5º da Lei Maria da Penha, violência doméstica e familiar contra a mulher é “qualquer ação ou omissão baseada no gênero que lhe cause morte, lesão, sofrimento físico, sexual ou psicológico e dano moral ou patrimonial”.
No sábado, 3, a vítima, acompanhada da moradora que a socorreu e a acolheu, registrou um boletim de ocorrência e seguiu para realizar o exame de corpo delito. No mesmo dia, o Centro de Referência Especializada de Assistência Social (CREAS) atendeu a M.A.F.
Em nota, a Prefeitura Municipal de Porto de Moz esclarece que já adotou todas as providências devidas sobre o caso e a vítima ‘encontra-se acolhida e recebendo acompanhamento psicossocial pela rede de proteção e garantia dos direitos humanos’ por meio de um grupo de profissionais formado por assistentes sociais e psicólogos.
A vítima morava com o namorado na Colônia do Majari, vila distante 1h30 da sede de Porto de Moz e não se sabe, ainda, quanto tempo estava sendo submetida à tamanha violência. Ela é natural da cidade de Portel, localizada no arquipélago do Marajó, mas teria saído de casa para ir morar com o namorado.
Nas fotos e vídeos que já circulam nas redes sociais, a jovem apresenta queimaduras nas coxas, barriga e costas, todas feitas por faca. “Ela apresenta uns quatro ferimentos grandes na cabeça. Ele a torturava com agulhas”, revelou a fonte.
A Polícia Civil do Pará emitiu uma nota, onde diz: “A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Porto de Moz, informa que um Inquérito Policial foi instaurado e investiga o caso, de forma sigilosa, para resguardar a integridade da vitima”.
Vídeo:


*** Informações com 👉 Portal do Zacarias
ATENÇÃO: 👉 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DE VÍDEOS - 👌  Clique Aqui
Espaço reservado para a sua propaganda, seja nosso parceiro e veja sua "marca", sua propaganda ganhar foco na grande mídia da internet; afinal!!! "Quem não é visto, não é lembrado". Ligue agora: 👉 (88) 9.9688-9008. O preço cabe no seu bolso.
👍 Tags: #aconteceuipu #Ipu #reportagem #Ceará #segurançapublica #PolíciaMilitar #PolíciaCivil #ipuenses #acidentes

0 comentários:


SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS