quarta-feira, 12 de maio de 2021

O relator da CPI da COVID, Renan Calheiros pede prisão de ex-secretário de comunicação Wajngarten por mentir no depoimento.

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID, Renan Calheiros (MDB-AL), pediu nesta quarta-feira a prisão do ex-secretário de comunicação do governo federal, Fábio Wajngarten, depois de acusá-lo de falar mentiras durante o depoimento.
Calheiros se referiu a uma campanha com o título “O Brasil não pode parar” que acabou sendo veiculada pelo governo federal em seu site oficial. Na oitiva, o ex-secretário afirmou que a iniciativa não teve sua autorização para ser veiculada na mídia.
Outra mentira apontada por Renan Calheiros foi o depoimento à revista "Veja" em que Wajngarten afirma que o Ministério da Saúde foi incompetente na compra de vacinas.
"Vossa excelência mente. Mentiu diante dos áudios publicados, mentiu por ter mudado a versão da entrevista que deu e continua mentindo. É evidente que a decisão é do presidente da comissão. Mas esse é o primeiro caso de alguém que vem à CPI e em desprestígio da verdade e do Congresso e da representação política, mente”, afirma Calheiros.
“O presidente pode decidir diferentemente. Mas eu vou pedir a prisão de vossa senhoria. É um espetáculo de mantira que não pode servir de precedentes”, acrescenta.
O que é uma CPI? - As comissões parlamentares de inquérito (CPIs) são instrumentos usados por integrantes do Poder Legislativo (vereadores, deputados estaduais, deputados federais e senadores) para investigar fato determinado de grande relevância ligado à vida econômica, social ou legal do país, de um estado ou de um município. Embora tenham poderes de Justiça e uma série de prerrogativas, comitês do tipo não podem estabelecer condenações a pessoas.
Para ser instalado no Senado Federal, uma CPI precisa do aval de, ao menos, 27 senadores; um terço dos 81 parlamentares. Na Câmara dos Deputados, também é preciso aval de ao menos uma terceira parte dos componentes (171 deputados).
Há a possibilidade de criar comissões parlamentares mistas de inquérito (CPMIs), compostas por senadores e deputados. Nesses casos, é preciso obter assinaturas de um terço dos integrantes das duas casas legislativas que compõem o Congresso Nacional.
O que a CPI da COVID investiga? - Instalada pelo Senado Federal em 27 de abril de 2021, após determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), a CPI da COVID trabalha para apurar possíveis falhas e omissões na atuação do governo federal no combate à pandemia do novo coronavírus. O repasse de recursos a estados e municípios também foi incluído na CPI e está na mira dos parlamentares.
O presidente do colegiado é Omar Aziz (PSD-AM). O alagoano Renan Calheiros (MDB) é o relator. O prazo inicial de trabalho são 90 dias, podendo esse período ser prorrogado por mais 90 dias.
VEJA TAMBÉM:
*** Informações com 👉 JORNAL ESTADO DE MINAS
ATENÇÃO: 👉 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DE VÍDEOS - 👌  Clique Aqui
Espaço reservado para a sua propaganda, seja nosso parceiro e veja sua "marca", sua propaganda ganhar foco na grande mídia da internet; afinal!!! "Quem não é visto, não é lembrado". Ligue agora: 👉 (88) 9.9688-9008. O preço cabe no seu bolso.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS