quinta-feira, 13 de maio de 2021

Datafolha: Lula vence Bolsonaro nos dois turnos das eleições de 2022

O ex-presidente Lula lidera a disputa presidencial para as
eleições de 2022, de acordo com levantamento do Datafolha. O petista está 18 pontos percentuais à frente de Bolsonaro no primeiro turno e 23 no segundo. Lula teria, de acordo com a pesquisa, 41% dos votos no primeiro embate, enquanto Bolsonaro levaria 23%. No segundo, o placar mostra 55% contra 32% a favor do candidato de esquerda. A pesquisa é feita enquanto Lula, com os direitos políticos restituídos, busca alianças pelo país, e o presidente da República sofre críticas pelo comando à frente do combate à pandemia e covid-19, e encara uma CPI que investiga as ações do governo na crise sanitária e acusações de corrupção.
Lula está em vantagem porque concentraria os votos de Ciro Gomes, do apresentador Luciano Huck e do governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Já Bolsonaro, nesse cenário, levaria os votos do seu ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. O petista também não é o único candidato de esquerda que derrotaria Bolsonaro em um eventual segundo turno. O presidente também perderia para Ciro, com uma margem considerável — 36% a 48%, e ficaria tecnicamente empatado com seu principal rival no combate ao coronavírus, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em um cenário de 39% a 40% a favor do social democrata.
O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais e, ao todo, contou com 2.071 entrevistados em 146 municípios, questionados entre 11 e 12 de maio. Ciro aparece na pesquisa em quarto nas intenções de voto, com 6%, atrás do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, que, recentemente, afirmou que não se candidataria, com 7%. Na sequência, vem o apresentador Luciano Huck, com 4%; Doria, com 3%; e, na lanterna, empatados, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o empresário João Amoedo (Novo), com 2%.
O Datafolha identificou 4% de indecisos e 9% de entrevistados que deverão se abster ou votar nulo ou em branco. Lula também levaria vantagem caso Bolsonaro não fosse para o segundo turno. Ao enfrentar Moro, por exemplo, ficaria com 53% dos votos contra 33%. E contra Doria, 57% a 21%.
Bolsonaro e Lula também concentram o maior índice de rejeição, 54% e 36%, respectivamente. Nesse índice, o segundo colocado é João Doria, com 30% de rejeição; Em seguida, Huck, 29%; Moro, 26%; e Ciro, o menos rejeitado, 24%.
#CPIdoCovid-19 #Eleições2022 #Lula
*** Informações com 👉 Correio Brasiliense
ATENÇÃO: 👉 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DE VÍDEOS - 👌  Clique Aqui
Espaço reservado para a sua propaganda, seja nosso parceiro e veja sua "marca", sua propaganda ganhar foco na grande mídia da internet; afinal!!! "Quem não é visto, não é lembrado". Ligue agora: 👉 (88) 9.9688-9008. O preço cabe no seu bolso.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS