segunda-feira, 12 de abril de 2021

Assassino enterra corpo de mulher em quintal e morre após conflito com a Polícia Militar.

Uma mulher de 20 anos foi assassinada e o corpo dela foi enterrado no quintal da casa onde ela e o autor se encontraram, neste sábado (10/04/2021), em Araguari. Ele foi descoberto e, em conflito com a Polícia Militar, acabou sendo baleado na sequência e também morreu. A jovem seria garota de programa e chegou a trocar mensagens com uma amiga, antes do assassinato, informando que estava com medo do homem.
O crime ocorreu no bairro Vieno, na cidade do Triângulo Mineiro. A vítima, Gabriela Silva, tinha marcado um encontro com José Amilton de Jesus, que tinha 43 anos. Não se sabe o que motivou o autor, mas ele atirou na cabeça da jovem e depois abriu uma cova nos fundos da casa, onde tentou esconder o corpo dela.
Antes disso, a jovem conversava com a amiga com que dividia casa em Uberlândia, pois não se sentia segura. Ela, inclusive, mandou a localização de onde estava, por meio do aplicativo de mensagens que usavam. Como Gabriela Silva não voltou para casa pela manhã, a PM foi acionada e encontrou o corpo dela na cova feita pelo assassino.
Com a identificação do homem, que era mototaxista, os policiais foram até a casa dele, no bairro São Sebastião, e o flagraram se preparando para fugir. De acordo com os militares, ele não se entregou e atirou contra os policiais, que revidaram. Ele foi ferido e chegou a ser socorrido, mas morreu ao dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Além da possível arma do crime, outro revólver foi apreendido junto a José Amilton de Jesus.MensagensEssa não foi a primeira vez que vítima e assassino se encontraram e Gabriela Silva afirmou a amiga que tinha medo do homem. 
Numa das últimas mensagens que as duas trocaram, a jovem antes de ser mostra dizia que se não voltasse até 8h do dia seguinte, era para a amiga ir buscá-la. Foi nesse momento que a vítima enviou a localização da casa onde iria se encontrar com o mototaxista. Ela ainda afirmou que o homem contava histórias de assassinato.
A vítima nasceu em São José dos Campos, no interior de São Paulo, e chegou a cursar a faculdade de medicina, mas neste ano se mudou para Uberlândia.
Outro homicídioO homem morto em conflito com a polícia já tinha cumprido pena de 12 anos por homicídio. A condenação era pela morte da ex-esposa, crime que aconteceu em 2006. O corpo da mulher foi encontrado enterrado no quarto dele.
*** Informações com 👉 JORNAL ESTADO DE MINAS
ATENÇÃO: 👉 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DE VÍDEOS - 👌  Clique Aqui
Espaço reservado para a sua propaganda, seja nosso parceiro e veja sua "marca", sua propaganda ganhar foco na grande mídia da internet; afinal!!! "Quem não é visto, não é lembrado". Ligue agora: 👉 (88) 9.9688-9008. O preço cabe no seu bolso.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS