segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Petrobrás anuncia em menos de dois meses novo reajuste para diesel e gasolina nas refinarias a partir de terça (09).

Em linha com a alta do preço do petróleo no mercado internacional, a Petrobrás anunciou nesta segunda-feira, 8, mais um aumento para seus produtos, que vigoram a partir de terça-feira, 9, nas refinarias da empresa. O diesel vai subir R$ 0,13 por litro, para R$ 2,24 por litro; a gasolina passará a custar R$ 2,25 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,17 por litro, e o gás de cozinha terá aumento de médio de R$ 0,14 por kg (equivalente a R$ 1,81 por 13kg).
O petróleo tipo Brent tem alta nesta segunda, chegando a tocar os US$ 60 o barril, dando prosseguimento ao otimismo da semana passada, diante de perspectivas de melhora da
economia com a reabertura de alguns mercados e estímulos do governo norte-americano.
"Importante ressaltar que os valores praticados nas refinarias pela Petrobrás são diferentes dos percebidos pelo consumidor final no varejo. Até chegar ao consumidor, são acrescidos tributos federais e estaduais, custos para aquisição e mistura obrigatória de biocombustíveis pelas distribuidoras, no caso da gasolina e do diesel, além dos custos e margens das companhias distribuidoras e dos revendedores de combustíveis", informou a Petrobrás, que está sob pressão diante da necessidade de aumentar seus produtos ao mesmo tempo em que há pressão dos caminhoneiros pela alta do diesel.
Na sexta-feira, 5, o presidente Jair Bolsonaro acenou com a possibilidade de mudar a forma de cobrança do ICMS pelos Estados para amenizar a alta dos combustíveis, que também tem sido motivo de aumento de inflação, levando o mercado a prever uma possível alta na taxa de juros.
Nesta segunda, Bolsonaro disse que terá reunião com a equipe econômica para tratar do assunto. Outra possibilidade em estudo pelo governo seria reduzir o PIS/Cofins sobre os combustíveis. Após a fala do presidente, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, caiu para a mínima do dia.
As ações da Petrobrás seguem na mira dos investidores, em meio ao debate crescente sobre interferência política na estatal, e chegaram a testar alta com a valorização superior a 1% do petróleo no mercado internacional, mas sucumbem à queda, acompanhando as palavras do presidente Jair Bolsonaro. Às 11h52, as ações da empresa tinham queda de 1,11% na B3.
*** Informações com 👉 O ESTADÃO.
VEJA TAMBÉM: 
👉 SE INSCREVA NO NOSSO CANAL DE VÍDEOS - 👌  Clique Aqui


0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS