sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Com mais de 200 mil mortes no Brasil: cearenses em luto lamentam aglomerações: 'Atitude desumana'

Com mais de 200 mil óbitos e casos frequentes de aglomerações e festas pelo país, cearenses que perderam familiares para a Covid-19 classificam como "irresponsabilidade" atos de que desobedecem às autoridades sanitárias, que pedem o distanciamento social e uso de máscara para reduzir a disseminação da doença.
"É irresponsabilidade, atitude desumana. É egoísmo dessas pessoas que só estão pensando em si",
diz Francisco Ducivaldo Azevedo. Em 17 de junho, ele perdeu a mãe, Dulçanira Azevedo, de 69 anos. "Entendo que as pessoas precisam desopilar na pandemia, mas o momento requer paciência e prudência", afirma. 
“A gente amava tudo nela. Ele tinha o poder de unir o povo. Isso com certeza faz muita para familiares e amigos”, lembra o filho.
A cantora e viúva do compositor Evaldo Gouveia, Liduína Lessa, também percebe os flagrantes de aglomeração como um desrespeito às vidas tomadas pela doença. Seu marido, referência da música popular brasileira, faleceu com a Covid-19 aos 91 anos, em 29 de maio.
O corpo do artista foi sepultado no dia seguinte, no Cemitério Jardim Metropolitano, em Fortaleza. Evaldo Gouveia se despediu deixando a mulher e dois filhos, Marcio e Marcelo Gouveia. "O Brasil teve uma perda muito grande na cultura, até hoje a gente não se conforma não", diz.
Aumento das mortes em dezembro
As mortes por Covid-19 no Brasil aumentaram 64,45% de novembro para dezembro, conforme dados apurados pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias de Saúde do país. Em novembro foram 13.263 óbitos pela doença; em dezembro esse número foi de 21.811.
Além disso, é a primeira vez, desde julho, que a quantidade de mortes em um mês é maior que a vista no mês anterior.
No Ceará, 10 mil pessoas já faleceram vítimas da Covid-19. O número de óbito também cresceu no estado em dezembro, se comparado com o número do mês anterior. Foi a primeira alta após seis meses seguidos de queda.
No mês passado, foram 302 óbitos pela doença, 54 a mais que no mês anterior.
O governador do Ceará, Camilo Santana, reforçou "a orientação de continuarmos respeitando as normas sanitárias de sempre usar máscara, higienizar as mãos e evitar aglomerações". "A pandemia ainda não acabou", disse.
*** Informações com G1-CE
Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. ** Valor: R$ 350,00. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9688-9008 ou TIM (88) 9.9985-0788.
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS