sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

Com mais de 200 mil mortes no Brasil: cearenses em luto lamentam aglomerações: 'Atitude desumana'

Com mais de 200 mil óbitos e casos frequentes de aglomerações e festas pelo país, cearenses que perderam familiares para a Covid-19 classificam como "irresponsabilidade" atos de que desobedecem às autoridades sanitárias, que pedem o distanciamento social e uso de máscara para reduzir a disseminação da doença.
"É irresponsabilidade, atitude desumana. É egoísmo dessas pessoas que só estão pensando em si",
diz Francisco Ducivaldo Azevedo. Em 17 de junho, ele perdeu a mãe, Dulçanira Azevedo, de 69 anos. "Entendo que as pessoas precisam desopilar na pandemia, mas o momento requer paciência e prudência", afirma. 
“A gente amava tudo nela. Ele tinha o poder de unir o povo. Isso com certeza faz muita para familiares e amigos”, lembra o filho.
A cantora e viúva do compositor Evaldo Gouveia, Liduína Lessa, também percebe os flagrantes de aglomeração como um desrespeito às vidas tomadas pela doença. Seu marido, referência da música popular brasileira, faleceu com a Covid-19 aos 91 anos, em 29 de maio.
O corpo do artista foi sepultado no dia seguinte, no Cemitério Jardim Metropolitano, em Fortaleza. Evaldo Gouveia se despediu deixando a mulher e dois filhos, Marcio e Marcelo Gouveia. "O Brasil teve uma perda muito grande na cultura, até hoje a gente não se conforma não", diz.
Aumento das mortes em dezembro
As mortes por Covid-19 no Brasil aumentaram 64,45% de novembro para dezembro, conforme dados apurados pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias de Saúde do país. Em novembro foram 13.263 óbitos pela doença; em dezembro esse número foi de 21.811.
Além disso, é a primeira vez, desde julho, que a quantidade de mortes em um mês é maior que a vista no mês anterior.
No Ceará, 10 mil pessoas já faleceram vítimas da Covid-19. O número de óbito também cresceu no estado em dezembro, se comparado com o número do mês anterior. Foi a primeira alta após seis meses seguidos de queda.
No mês passado, foram 302 óbitos pela doença, 54 a mais que no mês anterior.
O governador do Ceará, Camilo Santana, reforçou "a orientação de continuarmos respeitando as normas sanitárias de sempre usar máscara, higienizar as mãos e evitar aglomerações". "A pandemia ainda não acabou", disse.
*** Informações com G1-CE
Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. ** Valor: R$ 350,00. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9688-9008 ou TIM (88) 9.9985-0788.
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS