quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

Cenas fortes: Mãe amarra bebê de 10 meses para chantagear pai da criança e grava tudo, assista o vídeo

A Patrulha Maria da Penha, da Polícia Militar de Alagoas, e o Conselho Tutelar de Girau do Ponciano, retiraram uma bebê de 10 meses da casa da mãe após a avó paterna denunciar que a mulher amarrou a criança com uma corda e enviou o vídeo para o pai da menina para forçá-lo a retomar o relacionamento. O caso foi confirmado ao G1 nesta segunda-feira (25) pelo Conselho Tutelar.
O vídeo mostra a bebê com os pés, as pernas e os braços amarrados, e uma mulher rindo e chamando a criança de ratazana.
Segundo o Conselho Tutelar de Girau do Ponciano, o vídeo foi gravado pela mãe da criança quando ela ainda morava com a filha em Minas Gerais, depois de se separar do pai da bebê. Há aproximadamente uma semana, mãe e filha passaram a morar em Alagoas, mesmo estado da avó paterna da menina.
Por volta das 17h30 do último sábado, a avó acionou a Patrulha Maria da Penha de Arapiraca, e pediu ajuda para constatar se a neta estava sofrendo maus-tratos e retirá-la da casa da mãe. Após ver o vídeo, a equipe da Patrulha Maria da Penha de Arapiraca acionou o Conselho Tutelar de Girau do Ponciano.
As equipes foram à casa em que a bebê estava morando com a mãe, na Zona Rural de Girau do Ponciano, Agreste de Alagoas, retiraram a criança do local e entregaram à avó paterna.
Como não houve flagrante e a criança não apresentava nenhum sinal de maus-tratos quando foi encontrada, a mãe não foi presa.
O Conselho Tutelar denunciou o caso ao Ministério Público Estadual (MP-AL), e orientou que o pai, que mora em Minas Gerais, entre com o pedido de guarda. Por enquanto, a criança fica aos cuidados da avó paterna.
Vídeo:

*** Informações com: G1
Terreno em localização excelente, bairro Centro, próximo a praça de Iracema, no setor comercial e financeiro da cidade; medindo 6,33 metros de frente por 21,71 metros de fundos. 
Rua Padre Mororó S/N. 💵 Valor R$ 400.000,00. ☎ Martins & Melo Imobiliária. ** CRECI 1279J - Ligue agora:  (88) 9.9698-5872.
** "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS