segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Em Mucambo, Corpo de Bombeiros resgatam uma grande Cobra Píton Birmanesa Albina.

Uma serpente, de aproximadamente 4 metros de comprimento, da espécie píton birmanesa albina (Python molurus bivittatus albinu) foi resgatada na localidade de Caiçara, no Município de Mucambo, que fica distante 53,9 km de Sobral, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14). Os moradores estavam bastante assustados, pois o animal foi avistado próximo as residências.
A guarnição de Busca e Salvamento da 1ªCia/3ºBBM, com sede em Sobral, foi acionada pela CIOPS-Sobral para o resgate desta serpente, por volta das 18h, desta última sexta-feira (11-12-2020). A guarnição foi composta pelo Subtenente Cleumárcio, Soldado Frota e Soldado Mauricio, na viatura CDC 001. O resgate foi realizado e o animal conduzido inicialmente à sede do Quartel em Sobral.
Sobre a PítonA píton-birmanesa é uma das criaturas mais avançadas evolutivamente da Terra, revelou um estudo do genoma da píton birmanesa que foi chefiado por Todd Castoe, da Universidade do Texas (sul), e incluiu 38 coautores de quatro países, uma descoberta que pode trazer esperanças para o tratamento de várias doenças que afetam os seres humanos.
“As serpentes parecem ter evoluído funcionalmente muito mais do que outras espécies”, disse David Pollock, da Universidade de Colorado (oeste dos EUA), autor principal do estudo publicado na revista da Academia Americana de Ciências, a “PNAS”.
A descoberta pode permitir, no caso dos humanos, encontrar um meio de deter mutações genéticas antes que estas causem doenças. Os cientistas consideraram interessante como este réptil nativo do sudeste asiático é capaz de comer criaturas tão grandes quanto ele próprio.
A píton birmanesa (Python molurus bivittatus) não só abre a mandíbula para comer uma presa grande como um cervo, mas seus órgãos chegam a crescer muito para digerir rapidamente o animal antes que ele se decomponha. 
Em questão de um ou dois dias, o coração, o intestino delgado, o fígado e os rins da serpente aumentam de tamanho entre 35%-150%. Mas uma vez digerida a comida, os órgãos encolhem e voltam ao tamanho normal.
Python molurus bivittatus é uma espécie de cobra, também conhecida como píton birmanesa, que vive no sudeste e sudoeste. É uma das cinco maiores cobras do mundo e podem atingir até 8 metros de comprimento. Alimenta-se de cervos, porcos selvagens, roedores, répteis e aves. Não sendo peçonhenta.
Segundo o Tenente Coronel Moraes, “esta serpente não é natural da nossa região e muito menos do nosso país. É exótica e por ser albina, exótica e rara. Enquanto o animal se recupera vamos articular o seu traslado e logística para um local adequado a seu porte e necessidades de tratamento e atenção”, frisou o Comandante da 1ªCia/3ºBBM, com sede em Sobral.
*** Informações com     SSPDS
Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. ** Valor: R$ 350,00. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9916-7711 ou TIM (88) 9.9985-0788.
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS