sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Infectologista afirma que possível volta de público aos estádios é "irresponsável e impensável"

As projeções da volta de público aos estádios de futebol e a ideia de jogar com portões abertos ainda neste ano já é uma realidade nos bastidores de clubes e federações estaduais, como trouxe O POVO na reportagem Portões Abertos. Porém, se depender da opinião dos especialistas de saúde, esse desejo vai ficar para depois. Para o infectologista Roberto da Justa, a possibilidade é arriscada demais no cenário atual da pandemia de Covid-19.
“A retomada de atividades que representam grandes aglomerações, como jogos de futebol com torcida, são um risco muito grande para a recirculação intensa do vírus na população. Nós sabemos que muitas pessoas estão sendo infectadas, muitas albergam o vírus sem sintomas. Então, obviamente, durante um jogo de futebol, pessoas assintomáticas certamente estarão presentes no meio da torcida e transmitindo o vírus”, disse o médico, em vídeo publicado nas redes sociais do Coletivo Rebento Médicos e Médicas em Defesa da Ética, da Ciência e do SUS.
Professor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Roberto defende que o único panorama ideal para a volta de público será quando existir uma vacina para o novo coronavírus. “Até lá, qualquer iniciativa de aglomeração é uma situação irresponsável, impensável. Não podemos minimizar a perda de qualquer vida. Não podemos evitar mortes evitáveis. O número de mortes é pequeno, mas não podemos aceitar qualquer morte evitável”, disse.
O infectologista alerta que, apesar da reabertura de vários setores da economia, a pandemia ainda não acabou: “Nós temos ainda a ocorrência de casos novos todo dia, bem como a ocorrência de óbitos. Esses números, a incidência de casos novos e a ocorrência de óbitos, reduziu-se significativamente em Fortaleza, mas continuam ocorrendo. Essa redução se deu por conta dos esforços com relação ao distanciamento social e ao isolamento das pessoas durante um bom período nos meses de abril, maio e junho”.
O presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio, não nega que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) está atenta à possibilidade de presença de público nos jogos há algum tempo, mas ressalta que a decisão cabe aos governos estaduais. Assim, dificilmente haveria uma abertura em massa de estádios em todo o país, já que a situação de cada estado é diferente.
Entrevistado pelo O POVO, o epidemiologista Luciano Pamplona acredita na volta de público em outubro: “O prejuízo de arrecadação não justifica o risco de aglomerar pessoas agora. Quando se fala em outubro, porém, é possível pensar lá. Acho que se a transmissão (do novo coronavírus) continuar caindo, é possível que no final de outubro ou em novembro tenhamos torcida no Castelão, mas com limite de pessoas e com um ambiente bem controlado”, explicou o professor da UFC.
*** Informações com JORNAL O POVO
Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. ** Valor: R$ 350,00. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9916-7711 ou TIM (88) 9.9985-0788.
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS