sábado, 5 de setembro de 2020

Igrejas católicas reabertas na Grande Fortaleza montam estratégias para evitar aglomerações em missas


Mais de cinco meses sem atividades presenciais, igrejas católicas de Fortaleza e de parte da Região Metropolitana reabrem as portas para missas neste sábado (5), conforme definição da Arquidiocese de Fortaleza. Entre as medidas para evitar a contaminação por coronavírus entre fiéis, as paróquias buscam reduzir aglomerações por meio do agendamento, revezamento de bairros, telões instalados na área externa e transmissões online.
A Arquidiocese de Fortaleza abrange 147 paróquias e áreas pastorais, em 31 municípios cearenses. A maioria fica em Fortaleza, com 77, e Caucaia, com 11. Segundo o plano de retomada da economia cearense, elaborado pelo governo do estado, todos os municípios incluídos na Arquidiocese estão na Fase 4, ainda que em semanas diferentes.
Na tradicional Igreja de Fátima, serão permitidos até 250 fiéis por celebração, sendo três em cada banco. Os participantes devem chegar antecipadamente, não sendo necessário agendamento. Não será permitido reservar assentos para outras pessoas. Se a capacidade interna for excedida, o pátio receberá marcações de distanciamento e telões nos períodos da tarde e da noite.
“O vírus ainda está circulando, então é mais prudente aguardar. Nos demais casos, estamos preparados para qualquer eventualidade”, explica o padre Ivan de Souza, pároco do santuário. Ele lembra que ocorrerão cinco missas tanto no sábado como no domingo, e que pessoas dos grupos de risco devem permanecer em casa. A indicação para estas é frequentar missas durante a semana, “quando tem bem menos gente”.
A Paróquia Jesus, Maria e José, no bairro Antônio Bezerra, pede o agendamento prévio para participar das missas do fim de semana, que serão realizadas na quadra paroquial e com número reduzido de católicos. De terça a sexta, a celebração será dentro do templo, sem necessidade de marcação, e poderá acolher fiéis dos grupos de risco.
Na Paróquia Santa Luzia, no bairro Meireles, também haverá agendamento por telefone ou pelo site. A missa será campal, já que, por enquanto, a estrutura passa por reformas. Ao chegar, cada fiel levará uma cadeira ao local da celebração.
Medidas sanitárias - As recomendações comuns a todas as paróquias, de acordo com carta circular da Arquidiocese, são a formação de equipes de acolhida para orientar os frequentadores; o uso obrigatório de máscara durante a celebração, sendo permitida a retirada apenas na comunhão; o uso de álcool em gel para higienizar as mãos e o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas.
“Nós colocamos essas normas levando em consideração a realidade de cada lugar. As situações da pandemia podem ser diferentes. Peço a colaboração e a confiança de todos, e que estejamos unidos fraternalmente”, recomenda Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, arcebispo de Fortaleza, em comunicado direcionado a párocos e vigários paroquiais.
No entanto, o retorno ao maior templo católico do Ceará está adiado por tempo indeterminado. A Catedral Metropolitana de Fortaleza não reabrirá na data prevista. Enquanto era organizada para receber 536 fiéis, conforme as medições ideais, pedaços do teto se soltaram na última quarta (2) e caíram próximo ao altar.
O pároco Clairton Alexandrino, por precaução, optou por cancelar o retorno. Enquanto o local passa por avaliação técnica, quatro missas ocorrerão na cripta da Catedral, mas apenas para 50 pessoas, cuja admissão será por ordem de chegada.
Em Maracanaú, na Região Metropolitana, a Paróquia São Francisco das Chagas vai avaliar se o agendamento funciona; se não, poderá distribuir senhas, de acordo com o pároco Fernando Antônio. A igreja matriz poderá ter 60 fiéis por celebração.
“Quem não agendou e ficou de fora, se ainda tiver capacidade, vai ser admitido. Mas, se tiver muito cheio, vai ser encaminhado para missa em outra comunidade, em horário distinto”, garante. Outra opção será assistir à missa por transmissão online nas redes sociais, que se tornaram comuns durante o isolamento social.
Além do ambiente a portas e janelas abertas, o padre reforça que todos os tapetes, bancos e trincos serão higienizados nos 30 minutos após cada celebração. “De um lado, temos a alegria de saber que a igreja não está fechada. Ao mesmo tempo, as pessoas estão preocupadas. Muitos dos nossos paroquianos estão no grupo de risco, então também vamos fazer triagem”, afirma ele, que contraiu a Covid-19 em maio.
*** Informações com G1-CE

Solicite orçamento grátis. É rápido e você se livra da conta de energia. Seja sustentável. Financie 100%. Faça com quem entende. Empresa Lima Solar. Energia Fotovoltaica. Gere sua Energia Solar. Instalação e Projeto.
** Fone: 88-997054824

** Instagram: limasolaron
** Facebock: limasolar

** Youtub: limasolar
Início da propaganda: 08-08-2020 e termina em 08-09-2020


0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS