segunda-feira, 13 de julho de 2020

Primeira partida da final do Campeonato Carioca terminou com vitória do rubro-negro por 2 a 1. Gabigol foi expulso e é desfalque

O Flamengo saiu na frente na disputa contra o Fluminense pela taça do Campeonato Carioca. Pedro e Michael marcaram para o rubro-negro, que venceu o primeiro jogo da final, por 2 x 1, neste domingo (12/07/2020), no Maracanã. Evanílson descontou para o tricolor. Por causa da pandemia de covid-19, a partida foi disputada sem a presença de público e com transmissão exclusiva da Flu TV, pelo YouTube. A grande decisão será na quarta-feira (15/7), também no Maracanã, mas será exibida pela Fla TV e pela tevê aberta, no SBT.
Com a vantagem no primeiro jogo, o Flamengo joga por um empate para levar o título do Estadual. O rubro-negro, porém, terá o desfalque de Gabriel Barbosa, expulso neste domingo por demorar a sair de campo, no que seria a última substituição da partida. Já o Fluminense precisa de uma vitória por dois gols de diferença para sair campeão. Em caso de triunfo do tricolor por um gol de vantagem, a decisão vai para os pênaltis, assim como ocorreu na Taça Rio, há quatro dias. 
A "lei do ex" valeu novamente no Fla-Flu que, agora, coloca frente a frente o campeão da Taça Guanabara com o vencedor da Taça Rio. Centroavante revelado nas Laranjeiras, Pedro já havia marcado com a camisa do Flamengo contra o ex-clube na final na última quarta-feira — em que o Fluminense levou o título da Taça Rio nos pênaltis após empate em 1 x 1. No reencontro entre os dois clubes, neste domingo, ele voltou a confirmar a fama de goleador.
Aos 27 minutos do primeiro tempo, Pedro aproveitou jogada rápida com Vitinho, Arrascaeta e Diego e colocou o clube da Gávea na frente do placar. O Flamengo começou a partida com uma formação diferente do habitual. Gustavo Henrique, Diego, Vitinho e Pedro entraram como titulares, nas posições em que costumam atuar Léo Pereira, Gerson, Everton Ribeiro e Bruno Henrique, esse último poupado devido a dores na panturrilha esquerda. 
O Fluminense também não contou com o elenco completo. Horas antes da partida, o clube informou que um jogador teve exame confirmado para covid-19, sem revelar o nome. Fred e Paulo Henrique Ganso já estavam cortados, por lesão, nos últimos dias. Mas Nino e Wellington Silva também desfalcaram a equipe no primeiro duelo da final. 
Com um volume de jogo maior no meio-campo e buscando mais o ataque do que no último clássico, o Fluminense mostrou que levou a confiança da vitória recente contra o rival para a decisão do Carioca. Apesar de sair atrás no placar, o tricolor conseguiu o empate aos 14 minutos do segundo tempo. Em contra-ataque pela esquerda, Egídio cruzou e Evanilson, dentro da área, se antecipou a Gustavo Henrique para marcar de cabeça. 
Após sofrer o gol, Jorge Jesus colocou Michael, Everton Ribeiro e Gerson em campo. O trio deu velocidade ao Flamengo, que voltou a balançar as redes em uma jogada de contra-ataque que começou com belo lançamento de Rafinha. Na lateral do campo, Gabigol dominou a bola se antecipando ao marcador Egídio, que ficou no chão, e em seguida encontrou Michael livre na área para apenas empurrar para o fundo das redes.
O gol garantiu vantagem importante para a decisão na próxima quarta. Mas, já nos últimos minutos, Gabigol protagonizou o lance mais polêmico do jogo. Após ser anunciado que seria substituído, o atacante demorou para sair de campo e o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães o penalizou com o cartão amarelo. Como o jogador já tinha sido amarelado aos 39 minutos do primeiro tempo, por uma falta pouco mais dura, ele acabou expulso e não jogará a grande final.
#fiqueemcasa
*** Informações com JORNAL CORREIO BRAZILIENSE
Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. ** Valor: R$ 350,00. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9916-7711 ou TIM (88) 9.9985-0788.
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS