terça-feira, 21 de abril de 2020

Coronavírus: caminhão vaporizador com hipoclorito de sódio começa a higienizar ruas de Fortaleza

O bairro Cristo Redentor foi o primeiro a receber higienização com um caminhão vaporizador como forma de combate à disseminação do novo coronavírus. Por meio de uma espécie de “canhão”, uma nuvem de solução bactericida é lançada nas ruas, chegando em um raio de 10 metros. Os alvos da ação são os bairros de Fortaleza com o maior número de óbitos em decorrência da Covid-19. Vicente Pinzon, que registra sete óbitos, José Walter (8) e Meireles (7) serão os próximos a receber a limpeza. 
"É uma tecnologia muito simples mas muito importante. Vai limpar o vírus que se encontra normalmente no chão, no ar. Solução à base de hipoclorito, que é exatamente a água sanitária que a gente usa na nossa casa", explica Albert Gradvohl, coordenador especial de Limpeza Urbana Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP). Ele detalha que a solução tem ph de até 7,3 e, portanto, não apresenta risco à saúde humana.
"Os moradores devem continuar fazendo o mesmo procedimento. Lavar bem as mãos e as coisas dentro de casa com solução de água sanitária ou o álcool a 70%. Estamos preocupados com o extra-muros. O mesmo procedimento foi feito agora na China e houve uma diminuição. Vamos funcionar com duas equipes continuamente", alerta Gradvohl. A medida, conforme o coordenador, será ampliada para toda a cidade.
As explicações foram feitas durante demonstração do procedimento em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cristo Redentor, na avenida Leste-Oeste, na tarde desta segunda-feira, 20. A tecnologia foi importada da China e se assemelha ao "fumacê", utilizado no combate ao mosquito Aedes aegypti, vetor de arboviroses como a dengue, comparou o prefeito Roberto Cláudio, em transmissão no Facebook nesta segunda, 20.
Números da doença e bairros com situação preocupante - Nesta segunda-feira, 20, o Ceará passou de 200 mortos. O Estado registrou mais 17 mortes pelo novo coronavírus e chegou a 206 óbitos até as 17 horas desta segunda. São 3.487 casos confirmados da doença, conforme a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Fortaleza registra 2.840 diagnósticos laboratoriais e 164 mortes em decorrência da infecção.
Número de óbitos em regiões periféricas tem preocupado autoridades, visto que a quantidade de mortes é elevada em comparação com os casos confirmados laboratorialmente. De acordo com estimativa realizada pela prefeitura de Fortaleza, a Barra do Ceará pode ter 900 casos do novo coronavírus, sendo mais de 800 desses não registrados. Bairros como Barra do Ceará e José Walter apresentam menos casos confirmados do que Meireles ou Aldeota, mas têm um maior de número de mortes em decorrência da doença, exemplificou o prefeito Roberto Cláudio. 
Os bairros Vicente Pinzon, no qual foi iniciada a limpeza com o caminhão vaporizador, Cais do Porto e Jangurussu, com cinco mortes, cada, também preocupam.
#fiqueemcasa
*** Informações com JORNAL O POVO
Atenção - Pedimos aos nossos "Seguidores amigos" que participem do nosso novo Canal de Comunicação de Vídeos do YouTube. Contamos com a inscrição de todos. CLIQUE AQUI. Estamos também trabalhando com imagens aéreas de Drone. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9916-7711.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS