quarta-feira, 22 de abril de 2020

Absurdo, Polícia vai investigar se houve abuso em prisão de comerciante no Parque Piauí. Assista


A Secretaria de Segurança do Estado abriu procedimento para investigar se houve abusos dos policiais militares numa abordagem realizada na manhã desta segunda-feira(20), a um comerciante no bairro Parque Piauí, zona Sul de Teresina. O caso foi encaminhado à Corregedoria da PM.
Em vídeos que viralizaram nas redes sociais, os policiais abordam o comerciante ao flagrarem sua loja aberta no bairro. O lojista bate-boca com os militares, que estão acompanhados de fiscais da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU), que afirmam conduzi-lo à Central de Flagrantes, já que resiste em não mostrar seus documentos de identificação. 
Na condução, o proprietário teria tido uma crise de convulsão enquanto estava algemado e mesmo com os apelos da população, ele não teria tido as algemas retiradas. A ação da polícia foi criticada pelos populares que presenciavam o momento. 
O comerciante foi encaminhado para a Central de Flagrantes por desobediência e desacato. "Lá ele apresentou os documentos, foi realizado o TCO e ele foi liberado", informou a tenente coronal Elza Rodrigues, diretora de comunicação da PM. 
Em nota, a Secretaria de Segurança informou "que não comunga com nenhum tipo de arbitrariedade e muito menos com truculência contra cidadão". E afirma que vai averiguar os vídeos sobre o fato de hoje. A diretoria de Comunicação da PM informou que as imagens serão encaminhadas para a corregedoria da PMPI, que irá analisá-las e adotará as providências legais que o caso requer. 
A Polícia Militar e a Guarda Municipal estão realizando diligências juntamente com fiscais das SDUs em estabelecimentos comerciais que estão descumprindo os decretos municipais e estaduais de permanecerem fechados, até o dia 30 de abril, como uma das medidas de distanciamento social, principal medida de prevenção à contaminação do coronavírus. 
Em casos de flagrante, o estabelecimento comercial é fechado de imediato, mas não multado. Caso o proprietário insista em descumprir o decreto há multa que é dobrada em caso de reincidência. Até semana passada, 61 estabelecimentos já haviam sido multados. 
O Cidadeverde.com tentou contato com o comerciante, mas não obteve sucesso. O espaço está aberto para maiores explicações. 
Nota à imprensa da Polícia Militar - (..) "A Polícia Militar do Piauí informa que continua dando apoio ao cumprimento dos decretos governamentais que determinam o fechamento dos estabelecimentos comerciais não essenciais visando o controle da Pandemia do Covid 19, e que hoje (20) pela manhã, na Zona Sul de Teresina, no Bairro Parque Piauí, o proprietário de um estabelecimento comercial negou-se a apresentar os documentos de identificação para a lavratura do Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), no local do fato, por descumprimento de medida sanitária, onde foi feita a condução do mesmo a Central de Flagrantes por desobediência e desacato. Informa ainda, que as imagens do ocorrido no bairro Parque Piauí, Zona Sul de Teresina, foram encaminhadas para a corregedoria da PMPI, que irá analisa-las e adotará as providências legais que o caso requer. Teresina, 20 de abril de 2020. - ELZA Rodrigues Ferreira Ten Cel PM - Diretora de Comunicação Social da PMPI"

*** Informações com CIDADE VERDE.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS