terça-feira, 24 de março de 2020

Taxa de contaminação da Covid-19 no Ceará é a terceira maior do Brasil

O Ceará permanece sendo o estado da região Nordeste com mais casos do novo coronavírus. Um levantamento comparativo feito pelo G1 mostrou outro dado preocupante: o Estado é a terceira unidade do Brasil com maior índice proporcional de incidência da doença. A cada 100 mil habitantes, a taxa de contaminação da população é de 1,78. Atualmente há em torno de nove milhões de residentes no estado.
Para o levantamento foram levados em consideração os casos confirmados pelas secretarias estaduais de saúde, até às 18h dessa segunda-feira (23-03-2020).
A comparação com as demais unidades da federação mostrou que o Distrito Federal, com quase três milhões de habitantes, é o primeiro do ranking. Lá, a incidência do Covid-19 é de 4,43 a cada 100 mil pessoas. O Acre ocupa a segunda posição. São 891 mil habitantes e a taxa é de 1,90.
No Maranhão, onde até ontem o Ministério da Saúde tinha confirmado dois casos da doença, a taxa de incidência é a menor do país: 0,02.
O número de casos confirmados de pacientes com coronavírus no Ceará subiu para 164 de acordo com novo boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (23) pela secretaria estadual da Saúde. A quantidade de casos suspeitos e os descartados não são mais divulgados.
Ocorrências - Quando considerados os números absolutos, o Ceará também se figura como terceiro estado com maior índice de casos no Brasil, ficando atrás de São Paulo, com 745; e Rio de Janeiro, com 191. No Ceará, até o momento, não há registros de mortos devido ao novo coronavírus.
O infectologista Bráulio Matias de Carvalho pontua que “falar sobre essa taxa de incidência é muito relativa e depende das decisões governamentais que estão sendo tomadas”, pois, segundo ele, “isso muda conforme as decisões, até mesmo se se recomenda isolamento mais recentemente ou mais tardio”.
Para o médico, o fato do Ceará ser uma porta de chegada da Europa influenciou diretamente no rápido aumento dos casos. “Há uma íntima relação com as viagens. É tudo muito novo. É preciso pensamento coletivo. De 0 a mil, a importância do isolamento domiciliar é mil. A principal saída nesse momento é o isolamento social. Sabemos que isso vai ser uma temporada. A primeira medida é essa. Antes de sair de casa pense: é essencial sair mesmo? Se não for, não saia", disse.
O infectologista Ramiro Moreira ressalta que o índice médio no Ceará está dentro do previsto. Segundo Moreira, "precisamos aguardar mais um pouco para discorrer sobre isso. Há muitos pacientes no aguardo do resultado do exame".
*** Informações com G1-CE
Atenção - Pedimos aos nossos "Seguidores amigos" que participem do nosso novo Canal de Comunicação de Vídeos do YouTube. Contamos com a inscrição de todos. CLIQUE AQUI. Estamos também trabalhando com imagens aéreas de Drone. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9916-7711.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS