terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Asfixia acidental: Idoso diz que tamanho do órgão genital causou morte de namorada no sexo oral

Um homem que foi acusado de matar a própria namorada na Flórida, nos Estados Unidos, quer mostrar o seu pênis para o júri responsável pelo seu caso. Segundo o acusado, o tamanho do seu órgão sexual serviria como ‘evidência da sua versão dos fatos’, inocentando-o do crime de homicídio. Isso porque Richard Henry Patterson, 65 anos, está sendo acusado de ter enforcado a namorada , Francisca Marquinez, 60 anos, até a morte.
No entanto, Patterson – que confessou ao júri ter ‘sufocado’ a namorada – afirma que Francisca morreu enquanto praticava sexo oral nele. De acordo com o americano, a vítima se sufocou devido ao tamanho do seu pênis, o que lhe causou a morte.
Logo, a defesa do acusado reivindica que Francisca morreu por acidente, não por homicídio. O advogado de Patterson, Ken Padowitz, pretende apresentar ao júri um perito que atestará a morte da vítima, a partir de “asfixia acidental durante o sexo oral”. 
“A prova material é relevante. A apresentação do pênis ao júri é essencial para que eles possam compreender plenamente o testemunho do perito e o argumento da defesa”, afirmou Padowitz ao jornal Metro .
A família da vítima, porém, vê tal argumento como uma “tática desesperada” do acusado. “Ele quer nos convencer de que minha mãe morreu asfixiada durante um sexo consensual? Ele é doente!”, exclamou Omar Andrade, 41 anos, filho de Francisca.
“Engasguei Francisca” 
Embora o acusado ainda esteja passando pelo crivo do júri norte-americano, a morte de Francisca aconteceu há quase dois anos. Na ocasião, Patterson procurou seu advogado antes mesmo de chamar a polícia. Quando os policiais chegaram, o corpo da vítima estava no quarto do americano e a perícia garante que ela já estava morta há pelo menos oito horas. Em uma mensagem de texto enviada no mesmo dia à sua filha, Patterson afirmou que “fez algo ruim”. Dias depois, ele disse a um amigo “eu a sufoquei, eu engasguei minha namorada”. O júri discute a possibilidade de aceitar a proposta da defesa.
*** Informações com: Fanotícias
Atenção - Pedimos aos nossos "Seguidores amigos" que participem do nosso novo Canal de Comunicação de Vídeos do YouTube. Contamos com a inscrição de todos. CLIQUE AQUI. Estamos também trabalhando com imagens aéreas de Drone. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9916-7711.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS