quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Pedreiro mata esposa cruelmente e coloca rejunte nas suas partes íntimas

Na manhã desta quarta-feira (27) o delegado Paulo Martins, e a delegada Marília Campelo, respectivamente, titular e adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), falaram durante coletiva de imprensa realizada na sede da especializada, às 10h, sobre a prisão do pedreiro Antônio de Oliveira Fernandes, 44, realizada pela equipe policial da DEHS, em cumprimento a mandado de prisão temporária por homicídio. A prisão ocorreu na tarde de terça-feira (26), por volta das 17h30, na Comunidade de Tuiué, no município de Manacapuru (distante cerca de 68 quilômetros em linha reta da capital).
Segundo o titular da especializada, o crime aconteceu no último domingo (24), na rua Sapeaçu, conjunto Augusto Monteiro, bairro Lírio do Vale, zona oeste da capital, e teve como vítima Luzia dos Santos Silva, que tinha 46 anos. Na ocasião o infrator agrediu violentamente a vítima, com golpes de faca e enxada. Após a morte dela, Antônio jogou rejunte no rosto e nas partes íntimas de Luzia, possivelmente, para esconder traços de violência sexual. O corpo da mulher foi encontrado pela filha dela, uma criança de 8 anos.
“Ao longo dos trabalhos investigativos, a equipe policial constatou a identidade de Antônio e representou à justiça o pedido de prisão dele. Durante a abordagem, o infrator confessou a autoria do crime, que teve como motivação a dispensa dos serviços que ele estava executando para a vítima e uma quantia de R$ 300 que a mesma estava lhe devendo. Após consumir bebidas alcoólicas e drogas, o homem foi ao encontro de Luzia, quando iniciou uma discussão e, logo após, o crime,” explicou Marília.
Conforme Martins, durante a ação policial, foram encontradas peças de roupas que o indivíduo furtou da vítima. Ele confessou ter roubado os HDs das câmeras de vigilância da residência dela, com o intuito de não ser identificado, e jogou os objetos em um bueiro próximo à residência onde ele mora. As equipes não tiveram êxito na busca pelos HDs; no entanto, foram encontradas as botas do infrator com o sangue da vítima.
Procedimentos – Antônio Augusto foi preso em cumprimento de mandado temporário por homicídio, mas, conforme a delegada Marília, será representado pela prisão preventiva dele. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEHS, o homem será encaminhado para a audiência de custodia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul de Manaus. Imagem ilustrativa
*** Informações com: CM7
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS