sábado, 8 de junho de 2019

Você já viu um cachorro “dançando”? Comportamento pode ser sintoma de doença. Assista ao vídeo


O Gente na TV mostrou vídeos de cachorros que, provavelmente, apresentam a doença Cinomose. Um dos sintomas são tiques nervosos, por isso, muita gente acredita que os cachorros estão “dançando”, mas – na verdade – pode se tratar da grave doença, causada pelo vírus Canine Distemper.
A cinomose tem cura, mas é uma doença grave e muitas vezes fatal causada por um vírus chamado CDV (na sigla em inglês). Ela afeta animais do grupo dos canídeos, como cachorros, raposas e lobos, e ataca diversos sistemas do corpo. As formas de transmissão da cinomose mais comuns são pelo ar, pelo contato com a secreção do nariz ou da boca dos animais com o vírus da cinomose (presente em todas as secreções do animal) e pelo contato com ambientes e objetos contaminados.
Todos os cachorros podem pegar cinomose, mas alguns têm chances maiores de desenvolver a doença, principalmente animais mais jovens (entre 3 e 6 meses de idade). Outros podem contrair o vírus CDV sem nunca manifestá-lo; no entanto, continuam sendo fonte de contaminação para cães e demais animais. Cinomose tem cura, mas o vírus tem alta taxa de mortalidade e pode deixar sérias sequelas.
Tratamento e Prevenção - Se seu cachorro foi diagnosticado ou apresenta sintomas da doença, você deve estar se perguntando: cinomose tem cura? Não há um remédio específico para o vírus responsável pela condição, mas com um tratamento de suporte – ou seja, tratamento dos sintomas – é possível dar chance para que o corpo do animal se fortaleça e combata a cinomose.
A taxa de sobrevivência, no entanto, é muito baixa: aproximadamente 15%. O diagnóstico de cinomose deve ser feito por um veterinário. Ele vai analisar os sinais clínicos que o cachorro apresenta e realizar exames de laboratório, radiografia ou PCR (exame do DNA) para confirmar a presença da doença. A partir disso, o profissional será capaz de indicar o melhor tratamento, de acordo com o estágio da doença em cada cachorro.
O tratamento da cinomose consiste em tratar os sintomas e tornar a vida do animal mais confortável, além de prevenir infecções derivadas da doença. Quando a cinomose é identificada no início, o tratamento dos sintomas pode permitir que o animal se fortaleça e seu sistema imunológico combata o vírus, mas são casos raros. Mesmo quando isso é possível, os danos causados pela doença podem deixar sequelas, como limitações nos movimentos.
*** Informações com Tribuna do Ceará e LoveDogHero
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS