segunda-feira, 10 de junho de 2019

Ex-prefeito de Maranguape diz ter sofrido ameaça de morte de atual chefe de gabinete; Delegacia Metropolitana de Maranguape está investigando.


O ex-prefeito de Maranguape, Átila Câmara, prestou um Boletim de Ocorrência (B.O.), no qual informou ter sofrido ameaça de morte do atual chefe de gabinete da Prefeitura, Jardel Bezerra Cordeiro. A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que o registro foi feito na Delegacia Metropolitana de Maracanaú, no último sábado (8), e que a investigação será realizada pela Delegacia Metropolitana de Maranguape.
Em um vídeo, Átila afirma que Jardel ligou para ele na noite da sexta-feira (7) para desferir xingamentos e ameaças de morte. Depois, o chefe de gabinete e mais três homens teriam ido até a residência do ex-prefeito com o intuito de encontrá-lo, mas ele não estava lá. Um dos homens chutou o portão do imóvel, enquanto outros tentavam abri-lo. (Na foto acima Imagens de uma câmera de videomonitoramento mostram quatro homens chegando à residência do ex-prefeito; um deles chuta o portão).
"De há muito tempo ele tenta me convencer a apoiar a Prefeitura, e eu me nego por respeito à população de Maranguape. Tudo isso gerou um dia de fúria para o chefe de gabinete, que achou-se no direito de vir à residência da minha mãe, tentar violar esse domicílio que é sagrado, um asilo inviolável do cidadão, segundo a Constituição, para tentar concretizar as ameaças de morte que ele fez", afirma Átila Câmara, em um vídeo produzido por ele.
Jardel Cordeiro não quis comentar as acusações. A Prefeitura de Maranguape, em nota, lamentou o ocorrido e esclareceu que não compactua com qualquer tipo de violência. "A Gestão Municipal está tomando todas as medidas cabíveis e necessárias neste momento, e a Assessoria Jurídica da Prefeitura de Maranguape está acompanhando todos os fatos", completa.
O titular da Delegacia Metropolitana de Maranguape, delegado Francisco Braúna, explicou que irá ouvir o denunciante e o denunciado e analisar o caso, para decidir se será instaurado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) - quando o crime é de menor gravidade - ou um Inquérito Policial (IP).

*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS