sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Turista morta trabalhava em Hostel em troca de hospedagem.

turista italiana Gaia Molinari, 29, que foi morta na Praia de Jericoacoara, na última quinta-feira (25), trabalhava em um hostel localizado na Rua Deputado João Lopes, no Centro de Fortaleza, em troca de hospedagem. A equipe de reportagem do Diário do Nordeste foi até o local e obteve a informação com uma funcionária, que preferiu não se identificar. 
A funcionária explicou que Gaia se cadastrou, por meio de um site, para trabalhar no Hostel Refúgio em troca de hospedagem, em funções como recepcionista ou cozinheira  do estabelecimento. 
Ainda segundo a funcionária, Gaia teria conhecido a turista carioca Mirian França no estabelecimento e as duas ficaram amigas. A mãe da carioca, que estaria no Rio de Janeiro, viajaria com a filha para a praia de Jericoacoara, porém desistiu do passeio, e Gaia foi convidada para a viagem, pois já existia o quarto reservado, e a italiana não teria gastos. 
Mirian havia ido embora de Jericoacoara, mas foi localizada pela Polícia em Canoa Quebrada e prestou depoimento na delegacia por volta das 10h30min, mas preferiu não dar entrevista. De acordo com a delegada adjunta da Delegacia de Proteção ao Turista (Deprotor), Patrícia Bezerra, ainda não se tem a causa da morte, pois o médico legista faria a autópsia nesta sexta-feira (26). 
Gaia deixou o passaporte, notebooks e alguns objetos no Hostel, que também foram apreendidos pela Polícia para as investigações. “Ela foi encontrada de biquini, canga, a bolsa com a cópia do passaporte e chicletes. Nenhum objeto de valor”, explica a delegada. 
O perito que atendeu o local da ocorrência informou à delegada que a mulher não apresentava rigidez cadavérica, o que indicava a morte recente. A família foi comunicada extra-oficialmente pelo proprietário do Hostel, mas a Polícia  entrou em contato com o Consulado  da Itália para que aconteça o comunicado oficial. A italiana Gaia Molinari deveria retornar para o hostel da Capital na última quinta-feira (25), quando o corpo foi encontrado na área do Serrote por um casal de turistas. 
A italiana trajava biquíni e estava com uma mochila nas costas quando foi encontrada. O corpo apresentava diversas marcas de espancamento. O suspeito procurado pela Polícia é um nativo de Jericoacoara e estava nas imediações de onde ocorreu o crime. Desde que o corpo foi encontrado, a Polícia realiza diligências.
*** Diário do Nordeste/Fotos: Face da vítima e blog do Gesso - Adaptado para o Aconteceu Ipu.

1 comentários:

que lindo!
mais um cartão de visita para o turismo deste pais maravilhoso onde vivemos.
orgulho de ser brasileiro!


SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

POSTAGENS MAIS LIDAS