quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

De fone a suporte: quando o celular no trânsito gera multa ou não, veja o que diz a Lei.

Recorrer ao celular para as tarefas do dia a dia é um hábito. Da troca de mensagens à localização, o aparelho deixa tudo ao alcance do toque. Mas quando o assunto é trânsito, o companheiro digital nem sempre é bem-vindo: usar o telefone, além de colocar em risco a vida de condutores e pedestres, é infração grave, tipificada no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).
“A legislação mudou. Antes, era proibido falar ao celular, agora manusear o telefone enquanto dirige já é considerado infração”, explica Rodrigo Nóbrega, membro da Comissão de Trânsito,Tráfego e Mobilidade Urbana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE).
As penalidades variam de acordo com a forma como o telefone está sendo utilizado.
É PROIBIDO USAR O CELULAR ENQUANTO? - Qualquer manuseio do celular no trânsito é considerado infração gravíssima, determinado pelo Artigo 155 do CTB. A multa é de R$ 293,47 e vale para motociclistas e motoristas. O mesmo vale enquanto o condutor estiver parado em semáforos.
O advogado Rodrigo Nóbrega recomenda ainda medidas seguras para motoristas de aplicativo: “É preciso iniciar e finalizar corridas com o veículo parado”.
É PROIBIDO USAR SUPORTE DE CELULAR? - Não existe restrição na atual legislação sobre o uso de suporte veicular em automotores, como motos e carros. Mas a forma como o periférico é usado pode ser entendido como direção insegura.
Encaixar o celular tapando o mostrador de velocímetro ou próximo ao câmbio, por exemplo, compromete a condução correta do veículo. O motorista não estaria tomando os cuidados devidos com a direção.
O Artigo 169 do CTB tipifica a conduta como infração leve, com multa de R$ 88,38. “É preciso que o agente descreva na multa que o motivo para a autuação foi o modo de usar o suporte”, alerta o advogado. 
ATENDER LIGAÇÃO DÁ MULTA? - Sim. Responder a chamadas se encaixa como manuseio do aparelho, restringido pelo Artigo 252.
“O ideal é que o usuário configure a conexão entre o veículo e o celular antes de iniciar o trajeto”, recomenda Rodrigo Nóbrega.
É PERMITIDO DIRIGIR USANDO FONE DE OUVIDO NO CELULAR? - Não. O uso de fones de ouvido, com ou sem fio, é proibido pelo artigo Artigo 252 do CTB. “No caso dos fones Bluetooth, mesmo que o aparelho esteja desligado, a autuação ainda pode acontecer, já que o agente não tem como identificar se estava em funcionamento” lembra Rodrigo.
A penalidade vale tanto para condutores de carro como de moto. A prática é considerada infração média, com multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de 4 pontos na habilitação.
*** Informações com DIÁRIO DO NORDESTE
Atenção - Pedimos aos nossos "Seguidores amigos" que participem do nosso novo Canal de Comunicação de Vídeos do YouTube. Contamos com a inscrição de todos. CLIQUE AQUI. Estamos também trabalhando com imagens aéreas de Drone. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9916-7711.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket