terça-feira, 26 de novembro de 2019

Repercussão: Cabrini investiga morte de Gugu e vídeo com descoberta reveladora vem à tona; assista o vídeo

Nesta última segunda-feira, 25 de novembro, o apresentador Roberto Cabrini mostrou uma investigação sobre o acidente e morte do apresentador Augusto Liberato, o Gugu. O objetivo do apresentador foi mostrar como era o local da queda do famoso. Liberato caiu de uma altura de cerca de quatro metros, batendo com a cabeça em um móvel. 
Roberto Cabrini foi até à uma casa no mesmo bairro em que o comunicador da Record e sua família moram. No sótão, foi possível ver que a estrutura é feita por parte com vigas de madeiras e outras apenas com gesso. Ambas, no entanto, são bem visíveis. 
Marcelo Rodrigues, ex-Dominó, ajuda a contar como foi a tragédia de Gugu Liberato. Ele, que está com sua esposa com tumor no cérebro, ficou sabendo do acidente com Liberato ainda na manhã de quinta-feira, algumas horas após a queda do apresentador. Já naquele dia, sabia-se da morte cerebral de Gugu, ainda que, mais tarde, a assessoria do apresentador da Record TV garantisse que Gugu estava vivo, ainda que em estado bastante delicado. 
Veja abaixo o vídeo que mostra a investigação sobre o falecimento do apresentador Augusto Liberato, o Gugu, que nos deixou aos 60 anos de idade. 
A reportagem ganhou grande repercussão e muita gente ficou emocionada ao ouvir depoimentos de amigos do apresentador da Record TV. Vale lembrar que, de acordo com informações da assessoria de imprensa do comunicador, o corpo de Gugu deve chegar ao Brasil nesta quinta-feira, 28 de novembro. Liberato será velado na Assembleia Legislativa do estado de São Paulo.
Vídeo:
*** Informações com: 1 News
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket