sábado, 9 de novembro de 2019

Atos em Fortaleza na noite desta sexta (08) celebram soltura do ex-presidente Lula.


Militantes realizaram atos em Fortaleza nesta sexta-feira (8) em comemoração à soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que deixou a sede da Polícia Federal após o entendimento do Supremo Tribunal Federal de que prisões devem ocorrer apenas quando o acusado não tem mais recursos.
As manifestações em defesa de Lula ocorreram no cruzamento das avenidas Rui Barbosa e Antônio Sales; e na Avenida da Universidade, em frente à sede do PT em Fortaleza.
Os grupos se concentraram no início da noite, cerca de uma hora após Lula deixar a sede da Polícia Federal em Curitiba, onde ficou preso por um ano e sete meses.
Foram promovidos 'bandeiraços', com entrega de adesivos e cartazes aos motoristas que passavam ou paravam no semáforo. Houve carro de som com músicas do partido, circulando entre os militantes.
O secretário de organização do PT Ceará, Renan Sousa, celebrou a liberdade do ex-presidente. "A soltura dele é muito emocionante para todos nós, porque nós construímos nossas vidas baseada na luta social”, disse.
Vereadores e dirigentes petistas também foram às ruas de Fortaleza comemorar. "Hoje é muita celebração, ao mesmo tempo, com a consciência de que essa luta vai continuar, que a guerra jurídica continua em curso. Mas é bom frisar que essa não é a decisão justa que nós esperamos para o Lula. O que nós queremos da Justiça é a declaração da sua inocência", disse o vereador Guilherme Sampaio (PT).
Votação no STF - Nesta quinta-feira (7), por 6 votos a 5, o STF decidiu derrubar a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, alterando um entendimento que vinha sendo adotado desde 2016.
VEJA TAMBÉM:
# Juiz determina saída de Lula da prisão nesta sexta (08) após decisão do STF
# Em discurso, Lula ataca PF, Moro, Lava Jato e Judiciário e chama Bolsonaro de mentiroso
A maioria dos ministros entendeu que, segundo a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado (fase em que não cabe mais recurso) e que a execução provisória da pena fere o princípio da presunção de inocência.
Condenado em duas instâncias no caso do tríplex no Guarujá, no âmbito da Operação Lava Jato, Lula cumpria pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias. Agora, o juiz Danilo Pereira Jr. autorizou que Lula recorra em liberdade.

*** Informações com G1-CE
Aluga-se excelente Ponto Comercial, localizado na Rua Cel. Pedro Aragão, 1366, Centro Comercial de Ipu, banheiro, ampla área. Lugar central e ao lado da Fábrica Wolga, coração da Terra de Iracema. ** Valor: R$ 350,00. Interessados ligar: (..) Tim (88) 9.9916-7711 ou TIM (88) 9.9985-0788.
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket