sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Homem de 28 anos se casa com menina de 9 anos e vídeo do casamento gera revolta; assista o vídeo

Em alguns países o casamento infantil é um costume antigo que ainda é praticado até hoje. O vídeo de um casamento de um homem de 28 anos com uma menina de 9 anos causou indignação não só onde aconteceu mas em todo o mundo.
Devido a grande revolta que o casamento causo nas redes sociais o tribunal islâmico no condado de Bahmai, na província de Kohkiluyeh e Buyer Ahmad, no Irã, anulou o casamento entre Milad Cheshani, de 28 anos, e a menor Fatima Sayyadi, de 9 anos, segundo o site RT.
Tudo aconteceu porque um vídeo de casamento se tornou viral causando indignação entre os ativistas de direitos das mulheres no Irã pressionando as autoridades a derrubar o sindicato.
“É uma festa de casamento para uma menina com menos de 13 anos. Chorei quando recebi este vídeo. De acordo com as leis islâmicas, uma menina de 13 anos pode se casar, mas não pode escolher seu próprio vestido”, escreveu a defensora feminina Masih Alinejad no Twitter.
De acordo com a imprensa local, o sujeito que se casou com a criança faz parte da Guarda Revolucionária Islâmica.
“O nome desse pedófilo de 28 anos é Milad (Shahrokh) Cheshani. Ele é membro da milícia Basij. A garota é Fátima Sayyadi.Milad Cheshani recebeu permissão do tribunal islâmico [...] para se casar com essa garota menor ", disse o jornalista Masih Alinejad.
Enquanto isso, a mídia local informou que os pais da criança e o clérigo xiita que se casaram com eles serão investigados por esse crime.
De acordo com as leis iranianas, as mulheres podem se casar aos 13 anos e os homens a partir de 15 anos.
Vídeo:
*** Informações com: News F6
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket