sábado, 17 de agosto de 2019

Em Ipu, engenheiro denúncia descaso da Concessionária de Energia Enel em solucionar erros de leitura na cobrança de fatura. Assista.

O engenheiro ipuense, Dr. Hélio Freitas denúncia total descaso da concessionária de energia Enel (antiga Coelce) na hora de solucionar erros de cobrança abusiva na conta de pagamento de luz. 

O caso foi comunicado a operadora através do telefone disponibilizado na conta, ocasião em que o consumidor, Francisco Hélio Holanda Freitas relatou que na conta do dia 15-07-2019 os dados da medição indicava como leitura 16,962 e na leitura atual 17,492 dando um consumo para pagamento do mês faturado em 530 kwh (17.492-16.962=530); observem que o erro vem na fatura de 13-08-2019, onde mostra a leitura anterior em 17,421 e na leitura atual 17,796 dando um consumo para pagamento do mês faturado em 375 kwh (17.421-17.796=375); observam que o erro está na leitura anterior que deveria marca 17.492 e não 17.421 (17.492-17.421=71), neste caso o consumidor está pagando a mais 71 kwh na conta com vencimento em 13 de agosto de 2019.

Inconformado com o atendente da operadora que não solucionou o erro, o consumidor Hélio Freitas se dirigiu ainda até o escritório da Enel em Ipu onde se deparou com um outro descaso para com o consumidor, filas enormes pela demora no atendimento, para se ter idéia, o consumir chega as oito da manhã e só é atendido a tarde. Um outro fato que tem chamado bastante atenção em Ipu, são os consumidores que estão recebendo duas faturas da canta de energia com vencimento para o mesmo dia. 

O descaso na demora no atendimento da Enel em Ipu foi denunciada na Tribuna da Câmara pelos vereadores na sessão desta última terça-feira (13).

No site da CNEWS desta semana, a TV Cidade já traz a seguinte informação sobre a Operadora Enel em Fortaleza " Lojas da Enel são fiscalizadas pelo Ministério público após reclamações de clientes". 

Veja a notícia - Após receber várias denúncias e reclamações sobre a demora no atendimento aos consumidores que se dirigem a uma loja da Enel, o Ministério Público realizou nesta quarta-feira (14), uma fiscalização em quatro lojas da distribuidora de energia. As lojas da Enel que receberam a visita da equipe do MP, foram as dos bairros Aldeota, Centro, Carlito Pamplona e Parangaba. 

Em todas as lojas, a vistoria constatou a demora no tempo de espera para atendimento e, com exceção à loja do Centro, nenhum remeteu a via do Livro de Reclamação do Consumidor ao Decon. A empresa tem 10 dias úteis para apresentar defesa e poderá sofrer penalidades administrativas.

Acompanhe abaixo entrevista feita com o Engenheiro Hélio Freitas onde ele relada o ocorrido. Não deixe também de assistir ao vídeo feito em uma das lojas da Enel em Fortaleza.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket