segunda-feira, 10 de junho de 2019

O que encarece o combustível no Brasil? Assista

Preço do petróleo no mercado internacional e impostos federais e estaduais são apenas alguns dos fatores que incidem sobre o valor do produto.
Primeiro de tudo, como commodities, os combustíveis derivados de petróleo possuem valores atrelados ao mercado internacional. "O preço internacional internalizado, transformado em reais, está alto", explica Cláudio Ribeiro de Lucinda, professor do departamento de Economia da Universidade de São Paulo (USP). "É assim no mundo inteiro, parecido com o comércio de outras commodities como minério e soja", complementa Helvio Rebeschini, diretor de Planejamento Estratégico e Mercado da Associação Nacional das Distribuidoras de Combustíveis, Lubrificantes, Logística e Conveniência (Plural).
A carga tributária também é apontada como um dos principais fatores para os preços elevados. Para se ter uma noção, apenas o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) corresponde a 29% do valor da gasolina e a 15% do diesel.
Pedro Felipe Silvino, professor do curso de Engenharia de Petróleo da Universidade Federal do Ceará (UFC), avalia que os altos preços no Ceará também decorrem da logística de transporte. O combustível que chega até aqui vem, em sua maioria, por caminhões. Seria mais em conta por linhas férreas ou navios via Porto do Pecém.
O pesquisador também destaca que a realidade do Ceará é similar à vivenciada em outros estados. "No Rio de Janeiro, os impostos chegam a custar mais do que o próprio combustível. Se fracionarmos, o preço final é composto por um terço do combustível em si, um terço decorrente da logística de transporte e um terço de impostos que incidem no valor final", detalha.
Consultor na área de Combustíveis e Energia, Bruno Iughetti defende abrir margem para que se reveja alíquotas de ICMS, PIS, Cofins e Cide. "O ideal seria voltarmos ao que praticamos anos atrás, quando tínhamos um imposto único sobre combustíveis", destaca. Ele evidencia que a revisão tributária incidiria diretamente no valor do frete cobrado por caminhoneiros, pois baratearia o diesel.
Mas a carga tributária possui um lado positivo, segundo o professor Cláudio Lucinda. "A tributação não foi desenhada com esse objetivo, mas o desestímulo ao uso de carros devido ao alto valor dos combustíveis acaba que não é ruim, pois desestimula o uso", analisa.
*** Informações com Jornal O Povo
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket