sábado, 18 de maio de 2019

Saiba quais doenças podem ser prevenidas com vitamina D; em "Dicas de Saúde".

A vitamina D é um pró-hormônio relevante em importantes fases da saúde da mulher. Essencial para um crescimento saudável na infância, dado que previne o raquitismo; na adolescência o seu equilíbrio no organismo contribui para a prevenção da Síndrome dos Ovários Policísticos, endometriose e infertilidade. Já na gestação, a vitamina é responsável por prevenir a diabetes gestacional, baixo peso fetal e complicações de parto. E no fim da vida fértil da mulher, a menopausa, a vitamina tem papel fundamental na manutenção dos níveis normais de cálcio e fósforo no sangue. Com a ajuda ginecologista e obstetra, Lilian de Paiva Rodrigues, entenda melhor cada uma desses períodos e a implicação da falta de vitamina D.
Previna o Raquitismo nos pequenos - As crianças devem receber suplementação de vitamina D, como principal medida para prevenção de raquitismo. O Ministério da Saúde recomenda para recém-nascidos a suplementação medicamentosa de 400 UI de vitamina D/dia, a partir da primeira semana de vida até os 12 meses. Essa suplementação é imprescindível e fundamental até o final do primeiro ano de vida. A partir do 13o mês, a suplementação com vitamina D é recomendada como imunomodulador e também para aquelas crianças que são pouco expostas ao sol.
Evite a Síndrome dos Ovários Policísticos, endometriose e infertilidade na adolescência e fase adulta - A deficiência de vitamina D afeta o metabolismo ósseo e pode contribuir para estados de subfertilidade, Síndrome dos Ovários Policísticos e endometriose. Além disso, níveis adequados da vitamina melhoram os resultados da fertilização in vitro.
Saiba por que é tão importante manter cálcio e fósforo no sangueA vitamina D tem papel fundamental na manutenção dos níveis normais de cálcio e fósforo no sangue. Essas alterações podem ser bastante significativas para a mulher. A baixa quantidade deste mineral nos ossos causa sua fragilidade, a osteoporose. A reposição de vitamina D em idosos promove a melhora do tônus muscular, reduz a incidência de queda e de fraturas.
“O Brasil, embora ensolarado, apresenta alta incidência de hipovitaminose D. Estima-se que aproximadamente 80% da população do meio urbano esteja com os níveis abaixo do esperado, suscetíveis a doenças. Hoje, no mercado, existem outras formas de equilibrar os níveis inadequados de vitamina D no organismo que não apenas pelo sol. Para saber se você precisa de algum tipo de suplementação, procure seu médico”, explica o especialista. Existem outras formas de adequar os níveis de vitamina D no organismo que não apenas pelo sol. Para saber se você precisa de algum tipo de suplementação, procure seu médico”, explica o especialista.
*** Informações com Notícias ao Minuto
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket