sexta-feira, 10 de maio de 2019

Governo Federal suspende 53 bolsas de mestrado e doutorado da UFC

Ao menos 53 bolsas de pesquisa de mestrado, doutorado e pós-doutorado da Universidade Federal do Ceará (UFC) foram eliminadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), fundação subordinada ao Ministério da Educação (MEC).
Segundo a universidade, o congelamento atinge 23 bolsas de mestrado e 20 de doutorado de programas com notas até cinco, além de dez bolsas de pós-doutorado com a mesma avaliação. As informações são da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFC.
A instituição também informou que foram recolhidas bolsas de programas com notas 6 e 7, “justamente aquelas consideradas de excelência internacional”.
O estrago no setor de ponta da pesquisa na UFC, porém, ainda é desconhecido, já que essas bolsas são geridas diretamente pelos programas de pós-graduação.
Até agora, todos os segmentos da universidade vêm sendo atingidos de modo indiscriminado. De acordo com a entidade, cujo orçamento para custeio já havia perdido R$ 46 milhões após contingenciamento feito pelo ministro da Educação Abraham Weintraub, os cortes levados a cabo pelo governo “são aleatórios”, sem obedecer a qualquer critério.
Na UFC, os casos mais graves se concentram nas bolsas distribuídas nos programas de pós-doutorado porque, conforme a Pró-Reitoria, retira a subvenção de pesquisadores “ainda sem vínculo empregatício, mas com titulação de doutor e, portanto, forte formação acadêmica” e que “pretendem desenvolver suas pesquisas na UFC”.
A universidade acrescenta ainda que os “pós-doutorados atraem bons profissionais e pesquisadores em formação de outras instituições, estados e até países”.
O recolhimento das bolsas, defende a UFC, “cria graves problemas para pessoas que se afastaram de suas localidades, por vezes abandonando empregos, para incrementar sua formação científica conosco”.
O congelamento do financiamento para pesquisa incide sobre as bolsas consideradas com vacância pela Capes no mês de maio.
A UFC argumenta, porém, que “é próprio da dinâmica dos cursos de pós-graduação que algumas bolsas fiquem ociosas por algum tempo (alguns meses, no máximo), no caso em que alguns alunos concluem seus cursos ao defenderem suas dissertações e teses”.
Em todo o País, o governo promove suspensão de recursos das universidades e institutos federais na escala de até 30%. Apenas no Ceará, como O POVO mostrou na última semana, foram congelados R$ 108 milhões de UFC, Unilab, UFCA e IFECE.
*** Informações com Jornal O Povo
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket