terça-feira, 19 de março de 2019

Momo? Caso de menino de quatro anos que teria tentado cortar os pulsos e enforcar o pai viraliza

O caso de um menino de quatro anos que teria tentado cortar os pulsos e enforcar o pai, em Goioerê, região Oeste do Paraná, viralizou nas últimas horas depois de reportagem no Portal Goio.News. Entretanto, a Prefeitura da cidade negou qualquer atendimento neste sentido, o que levou alguns internautas a não acreditarem no conteúdo da matéria. Por sua vez, outros pais dão crédito e afirmam que também tiveram relatos de aparição da criatura na internet.
Para apurar detalhes do caso, a Banda B procurou a Prefeitura de Goierê, que afirmou não ter qualquer registro de atendimento a uma criança nesta faixa etária com as características citadas na matéria. Com isso, a reportagem conversou pelo telefone com o responsável por passar as informações ao portal. Ele pediu para não ser identificado e afirmou que a família da criança também não quer falar.
“O caso aconteceu na semana passada com pessoas que eu conheço. Não houve atendimento porque ele usou apenas uma faca de cozinha no pulso, só arranhando, sem gravidade. Depois, tentou enfocar o pai, mas também sem força, sem gravidade. Então, ela me disse que o menino fez isso quando estava assistindo ao celular. Ele deixou o aparelho no sofá, pegou a faca e tentou cortar o pulso”, destacou.
Segundo o rapaz, a família viu uma reportagem sobre a aparição do Momo feita pela Revista Crescer e ligou os pontos. “Eles viram a reportagem e acreditam que foi isso que aconteceu com o menino. Na reportagem do Goio.News foi usado o termo ‘pode’, porque a família não tem como provar, mas acredita nisso, até porque o menino parou de usar celular e melhorou o comportamento”, afirmou.
Questionado mais uma vez sobre o motivo de não se procurar uma autoridade, o homem disse que foi uma decisão da família. “Eles não quiseram, porque foi superficial. Como frequentam a igreja, resolveram com o pastor. Foi isso o que aconteceu, eu conheço a pessoa e posso garantir que a história aconteceu mesmo. Pode ter sido pelo Momo”, concluiu.
Infelizmente, sem o contato da fonte, a Banda B não teve como buscar mais informações com a família sobre o caso. Sobre a reportagem da Revista Crescer, o Youtube Kids afirmou que o Momo nunca esteve em seu conteúdo e que a segurança do aplicativo para crianças não “deixaria passar” algo assim.
*** Informações com: Bandab
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket